Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Master Power abre centro de distribuição no México
Ricardo Borghetti, da Master Power: procura por alternativas para manter as vendas em crescimento

Powertrain | 30/04/2019 | 20h00

Master Power abre centro de distribuição no México

Apesar de quedas no mercado externo, fabricante de turbos de São Marcos (RS) segue em expansão

PEDRO KUTNEY, AB

Apesar do tombo nas vendas externas, a Master Power conseguiu manter o faturamento em ritmo de crescimento e busca alternativas para compensar a queda de exportações. Uma delas é a recente abertura de seu primeiro centro de distribuição fora do País, no México. “De lá poderemos abastecer o mercado mexicano e Estados Unidos, onde também abrimos uma representação comercial”, explica Ricardo Borghetti, diretor comercial e um dos filhos de Nelson Borghetti, que na década de 1970 fundou a primeira fábrica brasileira de turbocompressores em São Marcos (RS), conhecida como a “Cidade Scania”, onde opera até hoje.

Em 2017 as exportações chegaram a representar 30% das vendas da Master Power, mas no ano passado esse porcentual caiu para 22%, como impacto direto da crise econômica na vizinha Argentina e a paralisação quase completa dos pedidos vindos do Irã, que sofre com barreiras internacionais ao seu comércio.

Desta vez, a perda de ritmo no exterior foi compensada pelo aumento das vendas no mercado brasileiro, com mais pedidos no aftermarket nacional, principal negócio da Master Power, e a conquista de fornecimento direto para fabricantes de motores e veículos. Com isso, foi possível manter a produção em São Marcos na casa das 120 mil unidades/ano, com a alta complexidade de fornecer algo como 700 tipos de turbos para reposição de motores diesel. Após um ano de estabilidade, para 2019, graças ao reaquecimento do mercado interno de caminhões, Borghetti projeta crescimento do faturamento na casa dos dois dígitos porcentuais, pouco acima dos 10%.



Além de vender no aftermarket com sua própria marca, atualmente a Master Power fornece seus turbos para serem vendidos como peças originais de quatro outras marcas (private label) no mercado de reposição – nenhuma das empresas permite a divulgação de seus nomes nessa operação. Mais recentemente, a Master Power também começou a fornecer turbos para montagem na linha de produção (OEM) de geradores da MWM e para picapes Mitsubishi produzidas pela HPE no País.

“Continuamos negociando para fornecer [turbos] a mais fabricantes de veículos, é importante para aumentar nossa escala de produção”, afirma Ricardo Borghetti.



Segundo o empresário, foi para isso que há dois anos foi inaugurado o centro de testes e desenvolvimento da Master Power em São Marcos, com capacidade para fazer ensaios e validações que antes demoravam meses para serem completados em laboratório externo na Alemanha. “É um investimento que se paga rapidamente, nos deu mais competitividade e produtividade, hoje temos muito mais rapidez em desenvolver e produzir qualquer tipo de turbo que o cliente pedir”, afirma Borghetti.

A Master Power domina praticamente toda a cadeia de produção de turbos, comprando de fora somente insumos como ferro e alumínio. A empresa mantém em operação em São Marcos uma fundição de carcaças e rotores, que envia os componentes para usinagem, montagem e expedição à planta mais antiga, localizada no perímetro urbano da cidade na Serra Gaúcha.



Tags: Master Power, turbo, turbocompressor, autopeças, powertrain, aftermarket, mercado, exportação, Ricardo Borghetti.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência