Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Volkswagen planeja vender 22 milhões de elétricos em 10 anos

Estratégia | 12/03/2019 | 21h10

Volkswagen planeja vender 22 milhões de elétricos em 10 anos

Companhia anuncia “mudança radical” e amplia a meta de lançamentos para 70 novos modelos com a tecnologia até 2028

REDAÇÃO AB

O Grupo Volkswagen tem sido rigoroso em seu esforço de transformação. O COE da companhia, Herbert Diess, anunciou na terça-feira, 12, que a empresa vai “mudar radicalmente”. Ao revelar seu balanço financeiro do primeiro bimestre do ano o executivo apontou que a fabricante vai ampliar de 50 para 70 o número de modelos elétricos que serão lançados até 2028. Com isso, a meta é alcançar a venda de 22 milhões de unidades com a tecnologia em 10 anos.

Além de diversificar a fonte energética dos carros, a Volkswagen divulgou ainda o plano de se transformar em uma empresa neutra em emissões de CO2 até 2050. Com o anúncio a companhia dá um passo além do que já anunciou em fevereiro, quando apontou que está planejando a produção da gama de elétricos I.D. para que ela seja neutra em emissões de gases de efeito estufa.

“Estamos assumindo a responsabilidade em relação às principais tendências para o futuro – principalmente quando se trata de proteção ao meio ambiente”, declarou Diess em apresentação aos investidores.

Segundo ele, a estratégia garantirá que a companhia acompanhe a mudança dramática no sistema de mobilidade individual que deve acontecer nos próximos anos. Com este movimento, a companhia se adequa às metas climáticas do Acordo de Paris e distancia a sua imagem do dieselgate, a fraude em 11 milhões de carros vendidos globalmente que poluíam mais do que o permitido. “Vamos sistematicamente alinhar a nossa produção e as etapas da cadeia de valor à neutralidade em emissões de CO2”, disse o executivo.

A empresa vai trabalhar para reduzir gradativamente as emissões – até 2025 a diminuição deve chegar a 30%. Em seguida, vai investir para que a energia usada no abastecimento dos seus carros e operações venham de fontes limpas e, por fim, usará ferramentas de compensação ambiental para o restante das emissões.

€ 30 BILHÕES DE INVESTIMENTO EM ELÉTRICOS


Para garantir o projeto de eletrificação dos carros do Grupo Volkswagen, a companhia investirá € 30 bilhões até 2023 e, com isso, quer que 40% de suas vendas sejam de modelos com a tecnologia até 2030. O primeiro carro fruto deste esforço a chegar ao mercado é o Audi E-Tron, seguido pelo Porsche Taycan e depois pela família Volkswagen ID.

A mudança no perfil dos produtos implica também na atração de novos fornecedores. Por enquanto LG, Chem, SKI, CTL e Samsung são as empresas certificadas globalmente para fornecer as células de bateria dos carros.



Tags: Volkswagen, carro elétrico, CO2, neutralizaqção, sustentabilidade.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência