Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Paccar apura alta de 47% do lucro líquido em 2018

Balanço | 15/02/2019 | 20h15

Paccar apura alta de 47% do lucro líquido em 2018

Com ganhos de € 2,2 bilhões, companhia chega ao seu 80º ano seguido de lucro

REDAÇÃO AB

A Paccar encerrou 2018 com lucro líquido de US$ 2,2 bilhões, um crescimento de 47% na comparação com o resultado do ano anterior. A companhia – dona das marcas de caminhões DAF, Kenworth e da Peterbilt – também apurou faturamento recorde no ano passado ao atingir os US$ 23,5 bilhões, avanço de 21% sobre os ganhos de 2017.

“Informamos receitas anuais e lucratividade recordes em 2018 e atingimos impressionantes 80 anos consecutivos de lucro líquido”, comenta em nota o CEO da Paccar, Ron Armstrong. “Os resultados financeiros refletem os produtos e serviços de qualidade, com recorde de participação no mercado de caminhões pesados na Europa, nos fortes mercados globais de caminhões e em peças de reposição”, acrescenta.

A empresa atribui os bons resultados às vendas robustas na Europa, onde o mercado total de caminhões fechou em 319 mil unidades em 2018. “A atividade de transporte na Europa e a demanda por caminhões têm sido fortes devido a cinco anos consecutivos de crescimento econômico estável”, observou o presidente da DAF, Harry Wolters.

No entanto, para 2019, a companhia acredita que o mercado europeu deva fechar 2019 entre 290 mil e 320 mil, o que pode significar desde uma leve aumento abaixo de 1% ou mesmo queda de até 9%.

Os negócios também foram favoráveis na América do Norte com as marcas Kenworth e Peterbilt, impulsionados pelo PIB, alta da produção industrial e do consumo das famílias. As vendas totais de caminhões nos Estados Unidos e Canadá somaram 285 mil, 30% acima dos 218 mil entregues no ano anterior. Para este ano, as projeções apontam para estabilidade ou alta de até 10%, para 315 mil veículos.

“A Paccar obteve excelente produção e participação no mercado de caminhões em 2018 na Austrália, México, Taiwan e Brasil, entregando 17,3 mil caminhões nesses mercados e regiões vizinhas”, disse o vice-presidente executivo da Paccar, Gary Moore. O executivo lembrou que a DAF Brasil foi homenageada em 2018 pela Fenabrave, a associação das concessionárias, como a marca de caminhão do ano eleita pelo terceiro ano consecutivo.

Por sua vez, a Paccar Parts, divisão de autopeças e aftermarket, anotou recorde na receita antes de impostos, chegando a US$ 768,6 milhões, aumento de 26% no comparativo anual. Também foi recorde o volume de negócios registrado pela divisão de serviços financeiros resultando em US$ 5,23 bilhões em 2018. A receita atingiu US$ 1,36 bilhão, 7% a mais do que em 2017, enquanto o lucro (antes de impostos) foi 17% superior, atingindo US$ 305,9 milhões.

“O excelente desempenho do portfólio da PFS e o aumento dos ativos lucrativos contribuíram para resultados muito bons em 2018", disse o vice-presidente sênior da Paccar, Bob Bengston. “A demanda do setor por caminhões usados nos EUA é forte. Os valores de revenda dos caminhões Kenworth e Peterbilt continuam a ter um ágio de 10% a 20% em relação aos caminhões da concorrência”.



Tags: Paccar, balanço, DAF, lucro líquido, faturamento, recorde.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência