Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Anef prevê alta de 12% No volume de financiamento de veículos em 2019

Crédito | 07/02/2019 | 18h50

Anef prevê alta de 12% No volume de financiamento de veículos em 2019

Com isso, o saldo das carteiras pode aumentar na mesma proporção, para R$ 225,3 bilhões

REDAÇÃO AB

Seguindo a tendência de projeção de crescimento para o mercado de veículos, seja da indústria, seja do setor de distribuição, os bancos de montadoras estimam que o crédito para o financiamento desses veículos também aumentará em 2019. Projeções divulgadas na quinta-feira, 7, pela Anef, associação que reúne os bancos de montadoras, indicam que deverá haver um novo ano de alta também para o sistema financeiro.

“Nossa estimativa é que os recursos liberados tenham um aumento de 12,8% em comparação com o fechamento que alcançamos no ano passado, que foi de R$ 125,4 bilhões, e agora estimamos R$ 141,5 bilhões. No caso do saldo de financiamento, projetamos um crescimento de 11,8%, passando de R$ 201,6 bilhões para R$ 225,3 bilhões”, projeta o presidente da Anef, Luiz Montenegro.

Em 2018, o total de crédito liberado para o financiamento de veículos ficou 24% acima do registrado no ano anterior, mostram os números da entidade, o que demonstra que os bancos de montadoras e outras instituições financeiras possuem a liquidez necessária para atender a demanda atual. Para Montenegro, após o período de crise, os brasileiros estão investindo novamente na compra de bens com valores mais elevados.

“Mantemos nossa confiança no crescimento econômico e no desenvolvimento social. Mais uma vez, como foi em 2017, nossas expectativas foram superadas e, após um período de recessão, o financiamento volta a crescer, e ser uma possibilidade para quem quer comprar um veículo. Com a queda da taxa básica de juros, que fechou 2018 em 6,5%, e outros fatores econômicos favoráveis, conseguimos garantir uma previsibilidade que gera mais confiança ao consumidor”, defende o executivo.

O crescimento do crédito refletiu no saldo das carteiras em 2018, que subiu 18% na comparação com o ano anterior, para R$ 201,6 bilhões. Deste total, o CDC respondeu pela maior parte das operações R$ 198,2 bilhões, alta de 18,7%. Já as operações de leasing diminuíram 8,1%, fechando 2018 em R$ 3,4 bilhões.

Com isso, o CDC respondeu por 52% dos financiamentos, pagamentos à vista foram 43% do total de compras de veículos, seguido por consórcios, com 4%, e leasing, com apenas 1%. Para os veículos pesados, que considera as vendas de caminhões e ônibus, o Finame representou 55% dos contratos, seguido pelo CDC, com 27%, compras à vista foram 10%, consórcios responderam por 5% no segmento e leasing, 3%.



Tags: Anef, crédito, bancos de montadora, financiamentos.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência