Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Motos voltam a superar 90 mil unidades após 33 meses

Mercado | 05/02/2019 | 16h58

Motos voltam a superar 90 mil unidades após 33 meses

Ano começou embalado, com média diária acima dos 4 mil emplacamentos

MÁRIO CURCIO, AB

A venda de motos começou o ano embalada com 90,7 mil unidades. O setor não superava as 90 mil unidades mensais havia 33 meses. A última vez que isso ocorreu foi em abril de 2016, que teve 93,5 mil motocicletas emplacadas. Este começo de 2019 resultou em alta de 17,8% sobre janeiro do ano passado e foi 7,9% melhor que dezembro de 2018.

A média diária de vendas neste início de 2019 foi de 4,1 mil unidades, superando aquela observada em quase todo o segundo semestre do ano passado, por volta de 3,8 mil unidades. Os números foram divulgados pela Fenabrave, federação que reúne as associações de concessionários.



- Faça aqui o download dos dados da Fenabrave
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência



De acordo com o vice-presidente do segmento de motos da Fenabrave, a recuperação das vendas decorre do aumento da confiança do consumidor e também do aumento da aprovação das propostas de financiamento, cujo índice girava em torno de 30% em outubro e chegou a 40% neste começo de ano. Isso leva a entidade a confirmar sua estimativa de mais de 1 milhão de motos emplacadas e alta de 7,3% sobre 2018.

Quase todas as marcas tradicionais do segmento registraram crescimento em janeiro sobre o mesmo mês do ano passado. A Honda anotou 71 mil unidades e alta de 15,3%. A Yamaha, vice-líder, cresceu 12,9% com 11,8 mil motos emplacadas no mês sobre igual período do ano passado.

A Shineray deu um salto de 128%, com 2,1 mil unidades. A marca recuperou o terceiro lugar em emplacamentos no fim de 2018 e se manteve na posição neste início de ano. A Suzuki foi a única entre as de maior volume a recuar em janeiro. Teve 323 unidades emplacadas, 20% a menos que em janeiro do ano passado. Isso ocorre porque a Suzuki só manteve o scooter Burgman 125 como produto de baixa cilindrada.

No entanto, o grupo responsável pela montagem e distribuição da Suzuki passou a produzir e revender a partir de 2017 (por intermédio da empresa JTZ e não da J.Toledo) os modelos Haojue e Kymco, que somaram neste começo de ano 1.275 licenciamentos, 130% a mais que em janeiro do ano passado.

A BMW emplacou 763 motos em janeiro e cresceu 70,3%. A lista segue com Harley-Davidson (492 unidades, +20%); Kawasaki (562, +45,6%); Dafra (460, +63,1%); e Triumph (344, +14,3%).



Tags: Motos, vendas, emplacamentos, Fenabrave, Honda, Yamaha, Suzuki, Haojue, Kymco, Shineray, JTZ, J.Toledo.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência