Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Setor automotivo impulsiona alta de 1,1% da produção industrial no Brasil em 2018

Conjuntura | 01/02/2019 | 15h50

Setor automotivo impulsiona alta de 1,1% da produção industrial no Brasil em 2018

IBGE aponta que veículos, reboques e carrocerias exerceram a maior influência positiva, com alta de 12,6%

REDAÇÃO AB

A indústria automotiva exerceu a maior influência positiva no crescimento de 1,1% da produção industrial no Brasil registrada em 2018 na comparação com o ano anterior, segundo dados divulgados na sexta-feira, 1º, pelo IBGE (Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística). Entre as atividades consideradas no índice, a produção de veículos, que neste caso o IBGE também computa reboques e carrocerias, cresceu 12,6% no comparativo anual.

Outras influências positivas vieram de setores como metalurgia, com alta de 4% no ano, celulose e papel (+4,9%), máquinas e equipamentos (+3,4%), produtos farmoquímicos e farmacêuticos (+6,1%), coque, derivados de petróleo e biocombustíveis (+1%) e produtos eletrônicos e ópticos (+2,6%).

De acordo com os números do IBGE, entre as grandes categorias econômicas, houve avanço na produção de bens de consumo na ordem de 7,6% no ano passado contra o resultado de 2017, também impulsionado pela alta de 10,8% da produção de automóveis. Em bens de capital, a indústria registrou aumento de 7,4%, puxada por equipamentos de transporte (+13,8) e de construção (+25,2%).

Embora a maior parte das grandes categorias econômicas tenham apresentado balanço positivo no ano, vale lembrar que 2018 foi marcado pela greve dos caminhoneiros, fraco mercado de trabalho, crise na Argentina e instabilidade do período eleitoral, fatores que afetaram a indústria ao longo do ano.

Com isso, treze atividades apresentaram queda no ano, contendo em parte o crescimento visto em outras atividades. Os destaques negativos foram produtos alimentícios (-5,1%) com a contribuição negativa mais intensa, além de confecção de artigos do vestuário e acessórios (-3,3%) e de couro, artigos para viagem e calçados (-2,3%).

A pesquisa Focus mais recente do Banco Central aponta que os economistas esperam para 2019 uma expansão da indústria de 3,04% e de 3% em 2020.



Tags: Produção industrial, indústria automotiva, IBGE.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência