Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Volkswagen vai a Genebra com buggy elétrico
Conceito elétrico manteve características dos buggies como ausência de portas e de capota rígida

Engenharia | 31/01/2019 | 15h20

Volkswagen vai a Genebra com buggy elétrico

Novo protótipo off-road serve para mostrar versatilidade da plataforma MEB

REDAÇÃO AB

A Volkswagen criou um protótipo semelhante aos antigos buggies com motor traseiro refrigerado a ar, mas agora numa versão elétrica. O carrinho off-road será mostrado durante o Salão de Genebra, entre os dias 7 e 17 de março na Suíça. Ele usa como base a plataforma MEB, voltada a modelos elétricos do Grupo VW.

A interpretação moderna do buggy serve em tese para mostrar que a plataforma elétrica é bastante versátil. A Volkswagen quer provar que a MEB pode facilitar o desenvolvimento de veículos de nicho com baixo volume de produção. Recentemente, a companhia revelou que quer oferecê-la a outras montadoras.

Assim como a maioria dos modelos desse tipo, o buggy elétrico não tem capota rígida nem portas. A Volkswagen não divulgou detalhes como potência, tração nem material empregado na carroceria, mas estima que em todo o mundo tenham sido fabricados cerca de 250 mil veículos desse tipo, quase sempre equipados com motores boxer traseiros e transmissões de quatro marchas produzidos pela Volkswagen.



Tags: Volkswagen, VW, buggy, Salão de Genebra, plataforma MEB.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência