Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Déficit da balança de autopeças cresce 11,1% até novembro

Balanço | 15/01/2019 | 18h37

Déficit da balança de autopeças cresce 11,1% até novembro

Setor acumula saldo negativo de US$ 5,58 bilhões, crise na Argentina reduz crescimento das exportações

REDAÇÃO AB

A balança comercial de autopeças registrou déficit de US$ 5,58 bilhões no acumulado de janeiro a novembro de 2018, resultado 11,1% acima do apurado em iguais meses do ano anterior. Enquanto as exportações somaram US$ 7,25 bilhões no período, aumento de 7,1% na mesma base de comparação anual, as importações representaram quase o dobro, US$ 12,8 bilhões, alta de 8,8%, segundo dados consolidados pelo Sindipeças, associação que reúne as empresas do setor.



- Faça aqui o download dos dados do Sindipeças
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência



Os três principais destinos de exportação foram Argentina, Estados Unidos e México, nesta ordem. As exportações de autopeças não foram melhores devido à queda de 6,9% do total de embarques para a Argentina, que responde por mais de 26% do total vendido no período. Para lá, o valor fechou em US$ 1,94 bilhão, sempre considerando os 11 meses de 2018 encerrados em novembro.

Já para Estados Unidos e México os resultados foram positivos: para o mercado norte-americano, o Brasil enviou o equivalente a US$ 1,36 bilhão, alta de 23% sobre o mesmo período do ano anterior. Já os mexicanos compraram 53,4% a mais, no total de US$ 884,2 milhões. Com isso, os países tiveram participação de 18,8% e 12,2%, respectivamente, nas exportações brasileiras de autopeças.

Pelo lado das importações, a China continua sendo o principal país de origem: até novembro do ano passado, o país respondeu por 13% das autopeças importadas, com US$ 1,66 bilhão, 17,2% acima do registrado de janeiro a novembro de 2017. A segunda maior exportadora de peças ao Brasil é a Alemanha, com US$ 1,59 bilhão comprados nos onze meses verificados: a alta é de 29,5% e a participação é de 12,4%.



Tags: Autopeças, déficit, balança comercial, exportações, importações, Argentina.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência