Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Venda de pneus às montadoras cresce 21%
Vendas às montadoras e reposição até outubro: 49,4 milhões de pneus e alta de 1,4%

Balanço | 30/11/2018 | 18h02

Venda de pneus às montadoras cresce 21%

Fornecimento às fabricantes de janeiro a outubro compensou a queda na reposição

REDAÇÃO AB

A venda total de pneus no Brasil somou de janeiro a outubro 49,4 milhões de unidades e ligeira alta de 1,4% sobre o mesmo período do ano passado. A queda no mercado de reposição foi compensada por uma importante alta nas entregas às montadoras, que cresceu 21,1%.

As fabricantes de automóveis, veículos comerciais e motos consumiram de janeiro a outubro 13,1 milhões de unidades, ante 10,8 milhões no mesmo período do ano passado. Os números foram divulgados pela Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (Anip).

Somente o segmento de veículos de passeio totalizou 8,6 milhões de unidades para as montadoras, 18,9% a mais na comparação interanual. Nos pneus de carga, o fornecimento às fabricantes foi de 1,2 milhão de unidades e resultou em crescimento ainda maior, de 69,6%. As entregas para as fabricantes de comerciais leves também aumentaram: 2,8 milhões de pneus e acréscimo de 16,8%.

O mercado total de reposição registrou 36,4 milhões de unidades e teve queda de 4,2%. O pós-venda de pneus para carros de passeio e comerciais leves recuou, respectivamente, 9,5% e 10,5%. A reposição de caminhões teve ligeira alta de 1,5% com a entrega de 4,9 milhões de pneus.

Diferentemente do que faz para os carros de passeio e veículos comerciais, a Anip só divulga a venda de pneus para o mercado de reposição, que somou 8,4 milhões e unidades e alta de 9,3%. Mas como até outubro as montadoras instaladas no País haviam produzido 878,7 mil motos, isso leva a acreditar que as fábricas de pneus forneceram cerca de 1,7 milhão de unidades nesse período ao Polo Industrial de Manaus.

BALANÇA COMERCIAL TEM SALDO POSITIVO


Nestes dez meses as exportações de pneus somaram US$ 879,5 milhões e as importações, US$ 821,7 milhões, resultando em um saldo positivo de US$ 57,8 milhões. Apesar de o número de unidades importadas superar as vendidas ao exterior, o câmbio favoreceu o setor.

Veja abaixo o balanço da Anip nestes dez meses de 2018:






Tags: Pneus, Anip, reposição, montadoras, carros, caminhões, motos, comerciais leves, importação, exportação.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência