Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Vendas de veículos leves avançam 14,3% em dez meses

Mercado | 01/11/2018 | 17h51

Vendas de veículos leves avançam 14,3% em dez meses

Até outubro, emplacamentos superam as 2,02 milhões de unidades

SUELI REIS, AB

As vendas de veículos leves continuam em ritmo acelerado: com o fechamento de outubro, o volume acumulado do ano cresceu 14,3% na comparação com os mesmos dez meses do ano passado, de acordo com dados divulgados na quinta-feira, 1º, pela Fenabrave, entidade que reúne o setor de distribuição oficial das montadoras. Os emplacamentos totalizaram pouco mais de 2,02 milhões de unidades contra os 1,77 milhão vistos há um ano. O volume considera a soma dos licenciamentos de automóveis e de comerciais leves.



- Faça aqui o download dos dados da Fenabrave
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência



Os dados isolados de outubro mostram que houve aumento de 3,2% da média diária de vendas: foram vendidas pouco mais de 11,1 mil unidades em cada um dos 22 dias úteis do mês. Em setembro, o volume era de 10,7 mil unidades em 19 dias úteis.

“O mercado manteve sua tendência positiva de crescimento, mesmo diante do cenário conturbado do período”, comenta o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior.

O crescimento foi generalizado por segmento: as vendas de automóveis se elevaram 13,5% no acumulado de dez meses ao totalizar para 1,72 milhão de unidades. No comparativo mensal, com 208,8 mil emplacamentos em outubro, houve aumento de 20,5% sobre o resultado de setembro e alta de 25,1% sobre outubro de 2017.

Em comerciais leves, as vendas de janeiro a outubro atingiram as 304 mil unidades, incremento de 19,1% sobre as 255,1 mil de mesmo período do ano passado. Só em outubro, o segmento emplacou 35,9 mil: aumento de 13,9% na comparação com setembro e avanço de 20,6% sobre outubro de 2017.

PROJEÇÕES 2018


No início de outubro, a Fenabrave revisou suas projeções pela quarta vez no ano e apresentou números mais otimistas do que antes. Os concessionários esperam encerrar o ano com o emplacamento de 2,43 milhões de unidades, o que representará crescimento de 11,9% sobre o resultado de 2017.

Para isso, o setor terá de vender na média 200 mil unidades em novembro e o mesmo volume em dezembro para alcançar a previsão. Vale lembrar que só em outubro as vendas de veículos leves atingiram 244 mil, mas há de se levar em conta que novembro e dezembro deverão ter menos dias úteis por conta de feriados e festas de fim de ano, embora sejam tradicionalmente meses de maior fluxo nas concessionárias.

No volume previsto pela entidade, 2,07 milhões de unidades deverão ser de automóveis, aumento de 12% na comparação com o ano passado. Os comerciais leves devem encerrar o ano com 351,2 mil unidades, segundo as projeções da Fenabrave, o que levaria a uma alta de 11,2% do segmento.



Tags: Vendas, veículos, Fenabrave, mercado, emplacamentos, Alarico Assumpção Júnior, projeções.

Comentários

  • Coelho

    Qualo percentual de vendas B2B - locadoras e empresas - neste volume total? Até setembro, este mercado representava quase 42%, salvo engano. Penso q deve ser registrado e qualificado este volume de vendas, pois só vejo concessionárias a fechar as portas e endividamento das pessoas físicas ainda a não permitir novas compras.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência