Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Grupo PSA reporta faturamento 29% maior no ano

Balanço | 24/10/2018 | 20h06

Grupo PSA reporta faturamento 29% maior no ano

Até setembro, receitas somaram € 54 bilhões, com destaque para crescimento em todas as marcas

REDAÇÃO AB

O faturamento do Grupo PSA cresceu 29% no acumulado do ano em comparação com o mesmo período do ano passado ao alcançar € 54 bilhões, informa em comunicado divulgado na quarta-feira, 24. As vendas globais do grupo que reúne cinco marcas – Peugeot, Citroën, DS, Opel e Vauxhall – aumentaram 19% na mesma base de comparação, para mais de 2,8 milhões de unidades.

Além do aumento das vendas de veículos, o resultado foi impulsionado pelo melhor mix de produtos em diferentes países e política de preço (aumento do valor agregado).

Com isso, a divisão automotiva aumentou seus ganhos em 44%, considerando as cinco marcas: o faturamento passou de € 31 bilhões para € 44,4 bilhões, sempre considerando a variação do período entre janeiro e setembro de 2018 contra 2017. A Faurecia, divisão de autopeças, contribuiu com € 13 bilhões, 5,7% a mais do que em igual período do ano passado.

Por marcas, Peugeot, Citroën e DS faturaram juntas € 30,6 bilhões nos nove meses completos deste ano, um aumento de 8,1% sobre os € 28,3 bilhões de igual período do ano passado.

Já Opel e Vauxhall, oficialmente integradas ao grupo desde agosto de 2017, reportaram faturamento de € 13,8 bilhões, quase quatro vezes mais (+396%) do que o valor apresentado há um ano, de € 2,7 bilhões, quando a empresa ainda passava pelo período de transição para incorporação no Grupo PSA.



Tags: Grupo PSA, faturamento, vendas.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência