Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Jeep reduz preço de entrada do Renegade para vender mais
Mudanças mínimas: versões mais caras do Renegade 2019 ganharam faróis de LED

Lançamentos | 18/10/2018 | 12h29

Jeep reduz preço de entrada do Renegade para vender mais

Linha 2019 tem leve renovação estética; maior mudança é na estratégia para a parte de baixo da gama

PEDRO KUTNEY, AB | De Praia do Forte (BA)

A Jeep continua se vendendo como a mais legítima das marcas de veículos utilitários esportivos (SUVs) que encaram qualquer terreno, mas no caso brasileiro essa tradição só é aplicada com rigor nas versões topo de gama 4x4 diesel, as mais caras e menos vendidas, que transmitem essa imagem para as opções mais baratas, 4x2 com motorização bicombustível flex. Na leve renovação aplicada na linha 2019 do Renegade essa estratégia foi aprofundada: toda a publicidade é focada no vigor fora-de-estrada do primeiro SUV brasileiro da marca, fabricado em Goiana (PE) desde 2015, enquanto foram reduzidos os preços apenas da parte de baixo da tabela, para ganhar mais clientes.

Com isso, a estimativa é fazer crescer em torno de 20% a venda anual do SUV compacto – antes da renovação do modelo, de janeiro a setembro a expansão sobre 2017 é de 16,7%, com 33,3 mil unidades emplacadas, fazendo dele hoje o 16º carro mais vendido do País. Diretora comercial da marca Jeep no Brasil, Tania Silvestri avalia que a nova estratégia de preço deverá atrair mais clientes para o Renegade. A versão mais barata, a Sport 1.8 com câmbio manual, teve o preço reduzido em R$ 7 mil e agora parte de R$ 78.490, e na opção com transmissão automática de seis velocidades a redução foi de R$ 8 mil, para R$ 83.990.

“Hoje as vendas do Renegade se dividem entre 25% diesel e 75% flex, sendo 30% do Sport. As versões mais baratas vão mudar o mix, elevar o porcentual de flex. Isso deve aumentar a procura pelo modelo, fazendo sua participação crescer para 15% do mercado de SUV B (compacto)”, diz Tania Silvestri.



Esse reposicionamento do Renegade foi possível graças ao sucesso do modelo, que permitiu sucessivos aumentos da tabela nos últimos três anos desde a introdução do carro no País. Para se ter ideia, mesmo com a redução anunciada agora, o valor atual pedido pelas versões Sport 1.8 é de 10% a 12%, cerca de R$ 8 mil, acima do que o informado no lançamento, em março de 2015 (leia mais aqui).

Segundo a Jeep, os preços das demais versões da linha 2019 foram mantidos em relação à tabela anterior, incluindo o modelo 1.8 automático para pessoas com deficiência (PCD), de R$ 70 mil. No topo da gama os valores passam dos R$ 100 mil e aumentaram de R$ 15 mil R$ 20 mil ao longo dos últimos três anos e meio.

POUCAS MUDANÇAS



Foram aplicadas poucas e quase imperceptíveis mudanças no Renegade 2019. No exterior, o desenho da grade frontal foi levemente alterado, com as tradicionais sete fendas verticais da Jeep um pouco mais baixas. As versões de topo Limited 1.8 flex e Trailhawk 2.0 diesel foram equipadas com faróis de LED (principais e de neblina), que aumentam em 50% o alcance da iluminação. Todos os Renegade ganharam para-choque dianteiro com maior ângulo de ataque (antes só disponível nas opções diesel 4x4), de 28 a 30 graus, dependendo do tamanho da roda. A linha toda agora usa rodas de alumínio (inclusive a PCD) de 17, 18 ou 19 polegadas, com desenhos exclusivos para cada versão.


No interior do Renegade 2019, console ganhou mais porta-objetos e as versões mais caras agora vêm de série com tela de 8,4” do sistema multimídia

No interior foram feitas algumas mudanças no console e painel, com reposicionamento de botões e adição de porta-objetos. A maior novidade é a central multimídia Uconnect com tela tátil de 8,4 polegadas de série para as versões mais caras Longitude, Limited e Trailhawk, com acesso ao controle de ar-condicionado, sistema de som e conexão com smartphone rodando Apple Car Play ou Android Auto. Já as versões Sport ganharam de série a Uconnect mais simples, com tela menor de 5 polegadas.

O pequeno porta-malas do Renegade ganhou 47 litros extras, somando 320 litros, com o uso do estepe menor. Mas o estepe tradicional foi mantido na versão “trilheira” topo de linha Trailhawk, que assim conservou e o mesmo espaço no compartimento de bagagens.

Não houve mudanças de powertrain. As versões 4x2 Sport, Longitude e Limited seguem usando o motor 1.8 flex de 139 cavalos, associado a câmbio manual (só disponível na Sport) ou automático de seis marchas. O motor diesel 2.0 de 170 cavalos com transmissão automática de nove marchas está disponível nas versões 4x4 Longitude e Trailhawk. Isso significa que o Renegade continua trafegando em dois mundos completamente diferentes: o diesel apresenta bom desempenho e excelente capacidade offroad, enquanto o flex é um modelo submotorizado para seu peso, que apresenta performance sofrível em qualquer terreno. Mas a imagem é uma só e é isso que vende.

“Continuamos sendo a única opção diesel do segment [de SUVs compactos] e fortalecemos a posição de preço das versões mais vendida”, resume a estratégia aplicada ao Renegade 2019 o gerente da marca Jeep, Alexandre Aquino.

PREÇOS E VERSÕES



Desde o lançamento em 2015 todas as versões do Renegade são bastante completas. Na linha 2019 foram introduzidos alguns novos itens. Confira abaixo os preços básicos e as novidades de série de cada versão:

1.8 Flex AT6 (PCD): R$ 69.999
Rodas de liga leve de 16 polegadas

Sport 1.8 Flex MT5 e AT6: R$ 78.490 e R$ 83.990
Sistema multimídia Uconnect com tela de toque de 5”, câmera de ré e novas rodas de liga leve aro 17” (AT6)

Longitude 1.8 Flex AT6 e 2.0 Diesel AT9 4x4: R$ 96.990 e R$ 125.490
Sistema multimídia Uconnect com tela de toque de 8,4”, compatível com interfaces Android Auto e Apple Car Play, controle do ar-condicionado pelo monitor ou comandos de voz e novas rodas de liga leve aro 18”

Limited 1.8 Flex AT6: R$ 103.490
Faróis principais e de neblina de LED, luzes diurnas de LED, dois airbags laterais, dois de cortina e um para os joelhos do motorista, novas rodas de liga leve aro 19”

Trailhawk 2.0 Diesel AT9 4x4: R$ 136.390
Faróis principais e de neblina de LED, luzes diurnas de LED e novas rodas de liga leve aro 17”



Tags: Jeep, Renegade, FCA Fiat Chrysler, lançamento, estratégia, mercado.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência