Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Vendas do Grupo Volkswagen caem 18% em setembro

Balanço | 15/10/2018 | 18h07

Vendas do Grupo Volkswagen caem 18% em setembro

Retração puxada pela Europa decorre da entrada em vigor do novo padrão WLTP de consumo e emissões

REDAÇÃO AB

As vendas do Grupo Volkswagen em setembro somaram 827,7 mil unidades, registrando queda de 18,1% em relação ao mesmo mês do ano passado. A retração foi motivada pelos países da Europa por causa da transição para o novo padrão de teste de consumo e emissões WLTP, sigla em inglês para Procedimento Mundial de Testes para Veículos Leves. Na Alemanha, particularmente, as vendas recuaram 45,2%.

No acumulado do ano o Grupo VW vendeu em todo o mundo 8,1 milhões de unidades, registrando alta de 4,2% sobre iguais meses do ano passado. O continente europeu absorveu 3,4 milhões de veículos da montadora, crescendo igualmente 4,2% na comparação interanual.

A América do Norte adquiriu 713,3 mil veículos da companhia no período, anotando queda de 0,8%. A retração decorre do recuo nas vendas mexicanas, já que os Estados Unidos, maior mercado regional, absorveram 478,6 mil unidades, 4,7% a mais que nos mesmos nove meses do ano passado.

Na América do Sul a alta é de 12%, com 436,5 mil unidades entregues no acumulado do ano. O desempenho regional é claramente puxado pelo Brasil, onde os 284,6 mil veículos resultaram em alta de 26,3%. A análise de setembro isoladamente revela alta de apenas 2,7% na América do Sul por causa da Argentina, onde as 7,6 mil unidades vendidas no mês resultaram em queda de 48,6% em relação ao mesmo mês do ano passado. A China já absorveu nos nove meses mais de 3 milhões de veículos do Grupo VW e cresceu 5% sobre igual período de 2017.

DESEMPENHO POR MARCA


A análise por marca mostra que os automóveis Volkswagen foram bastante impactados pela entrada do novo padrão WLTP. Suas vendas em setembro recuaram 18,3%. No acumulado do ano foram 4,6 milhões de unidades, 2,9% a mais na comparação interanual. O acumulado até agosto revelava alta bem maior, de 6,2%.

O impacto na Audi foi ainda maior em setembro, resultando em queda de 22% ante igual mês de 2017. No acumulado do ano, 1,4 milhão de veículos da marca foram entregues, apenas 2% a mais sobre os mesmos nove meses do ano passado.

Skoda e Seat mantêm crescimento mais consistente. A primeira entregou 939,1 mil unidades até setembro, 7,8% a mais. A segunda anotou 415,6 mil veículos, 17,1% de acréscimo. Na linha comercial a MAN obteve a maior alta do período, com 97,7 mil unidades e 21,6% de crescimento sobre iguais meses do ano passado.

Veja abaixo as vendas por região e por marca do Grupo Volkswagen:




Tags: Grupo Volkswagen, VW, Audi, Porsche, Scania, Skoda, Seat, MAN, veículos comerciais.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência