Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Focus sairá de linha na Argentina em maio de 2019
No Brasil, as vendas do modelo até agosto caíram 21,9% na comparação com o mesmo período de 2017

Indústria | 01/10/2018 | 19h17

Focus sairá de linha na Argentina em maio de 2019

Ford teria admitido o fim da produção do carro por causa da baixa demanda na região

REDAÇÃO AB

Em maio de 2019 a Ford deixará de produzir na Argentina seu carro médio Focus. A notícia teria sido confirmada pela Ford do Brasil às revistas Autoesporte e Quatro Rodas. O motivo é a queda de procura de hatches e sedãs médios, que perderam espaço para os utilitários esportivos. O carro é produzido em Pacheco, assim como a picape Ranger. A quarta geração do Focus foi mostrada na Europa em abril, mas ficou fora dos planos para a Argentina por causa de sua baixa demanda na região.

Embora seja montado há quase 20 anos no país vizinho, ele não resistiu à retração nas vendas pela crise econômica do Brasil e pela migração de seus consumidores para os SUVs. Em todo o ano de 2017 foram emplacados menos de 11 mil Focus no mercado brasileiro na soma das versões hatch e sedã. No acumulado até agosto as vendas brasileiras do carro totalizaram 5.340 unidades, 21,9% abaixo dos mesmo oito meses do ano passado. Em princípio não haverá substituto para o modelo.



Tags: Ford, Focus, hatch, sedã, utilitários esportivos, SUVs.

Comentários

  • JD

    Atécerto ponto concordo com a análise mas não acredito que o fato mais relevante tenha sido à retração de vendas. Veja o caso do Corolla, que vende aproximadamente 60.000 unidades de seu sedã por ano contra os cerca de 10.000 do Focus, ou seja, mercado existe. O que a Ford não conseguiu é penetração neste mercado por alguns fatores bem importantes que não estão aqui nesta reportagem. O Focus é um carro top, mas tem sua famosa caixa de dupla embreagem Powershift que acabou com a imagem do carro devido aos inúmeros problemas relatados pelos compradores, virou um elefante branco pra quem comprou, e ninguem quer comprar e ficar com a bomba na mão. O produto, na minha opinião, está queimado no mercado e por isso não vende.

  • MárioCurcio

    Amigoleitor, não se pode esquecer que o momento econômico argentino também é ruim e que as vendas brasileiras do Focus continuam caindo, apesar de o mercado de automóveis ter crescido 12,1%. Um abraço e continue lendo Automotive Business.

  • JD

    CaroMario, acho que voce está entrando em contradição, "Embora seja montado há quase 20 anos no país vizinho, ele não resistiu à retração nas vendas pela crise econômica do Brasil e pela migração de seus consumidores para os SUVs.". O mercado de sedans não está retraído, pelo contrário, está crescendo, veja os numeros. O fato é que o Focus especificamente está em queda livre, a culpa não é do mercado, mas do produto problemático e da própria Ford que está revendo toda sua estratégia Global. É fácil colocar a culpa do insucesso de um produto no mercado.

  • MárioCurcio

    Amigoleitor, é fato conhecido que sedãs médios e hatches médios (segmentos em que o Focus se encaixa) perderam participação de mercados para os SUVs nos últimos anos.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência