Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Volkswagen traz novo Jetta a partir de R$ 109.990
Versão topo de linha R-Line tem mais itens de tecnologia e segurança, por isso sobe para R$ 119.990

Lançamentos | 21/09/2018 | 16h27

Volkswagen traz novo Jetta a partir de R$ 109.990

Sedã mexicano vem para brigar com versões mais caras de Toyota Corolla, Honda Civic e Chevrolet Cruze

MÁRIO CURCIO, AB

A rede Volkswagen passa a vender no início de outubro o Jetta 2019. Produzido sobre a plataforma modular MQB, o carro entrou em sua sétima geração. Vem do México em duas versões, Comfortline (R$ 109.990) e R-Line (R$ 119.990). Ambas utilizam o motor 250 TSI flex, um 1.4 turbo com 150 cavalos produzido em São Carlos (SP). O câmbio automático de seis marchas também é o mesmo para os dois.

O público-alvo do carro é 90% masculino, com média etária de 46 anos e renda mensal de aproximadamente R$ 20 mil, ou seja, o “tiozão” que prefere a agilidade dos sedãs à posição elevada de dirigir dos SUVs. Em sua faixa de preço o Volkswagen vai brigar com as versões mais completas do Toyota Corolla, do Honda Civic e do Chevrolet Cruze.

“A rede será abastecida com 1,5 mil unidades num primeiro momento. Acreditamos que 70% das vendas serão do Comfortline”, afirma o vice-presidente de vendas e marketing da montadora, Gustavo Schmidt.




Comprimento passou a 4,7 metros, 4,3 centímetros a mais. Iluminação interior pode ser escolhida entre cores 10 possíveis (acima, as opções vermelha e verde). Quadro de instrumentos do R-Line é digital e permite troca do layout

Durante o ano de 2019, a estimativa do presidente e CEO da Volkswagen para o Brasil e América do Sul, Pablo Di Si, é vender cerca de 15 mil unidades se nada muito diferente ocorrer com a economia do País. É pouco quando se considera que o Cruze, terceiro sedã médio mais vendido, já teve 13 mil emplacamentos até agosto de 2018 e o Corolla, o líder, passou das 38 mil.

COMO FICOU A 7ª GERAÇÃO


O novo Jetta ficou um pouquinho que o da sexta geração. Mede agora 4,7 metros (4,3 centímetros a mais). A distância entre eixos aumentou em quase 4 centímetros e passou a 2,69 metros. Com isso melhorou o conforto no banco traseiro. O porta-malas tem a mesma capacidade, 510 litros. De acordo com a Volkswagen ele acelera de zero a 100 km/h em 8,9 segundos e atinge 210 de velocidade máxima.

Desde a versão Comfortline o Jetta tem controles eletrônicos de tração e estabilidade, seis airbags e recebe rodas de liga leve de 17 polegadas, ar-condicionado digital com duas zonas distintas de temperatura, iluminação ambiente com dez cores possíveis, revestimento dos bancos com couro sintético, volante multifuncional, chave presencial, botão de partida, sistema Start-Stop (que desliga e religa o motor em tráfego congestionado para economizar combustível), central multimídia compatível com Android Auto, Apple Car Play, Mirrorlink e recebe tela colorida sensível ao toque.

A partir de um aplicativo é possível controlar o sistema multimídia pelo smartphone ou tablet. Tanto as lanternas traseiras como os faróis principais usam LEDs. Câmera de ré, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, freio de estacionamento eletromecânico, assistente de partida em rampa, vidros, travas e retrovisores com acionamento elétrico e seletor para o tipo de condução (mais econômico ou esportivo) também são de série.


Bancos são revestidos de couro sintético. Apoia-braços centrais dianteiro e traseiro são de série. Distância entre eixos aumentou quase 4 cm, ampliando o espaço no banco de trás

A versão R-Line recebe detalhes de acabamento diferenciados, mais ACC (capaz de controlar a distância do veículo à frente em estradas, freando e reacelerando), painel digital ativo (que permite substituir por mapas ou outras informações a imagem do velocímetro e do conta-giros), detector de fadiga, que alerta o motorista ao perceber indícios de sonolência, comutador automático de farol alto/baixo e Front Assist com função Emergency Brake.

Este último usa um sensor por radar instalado na dianteira que monitora o tempo todo a distância dos veículos que estão à frente. O Front Assist ajuda o motorista em situações críticas, pré-condicionando o sistema de freios e alertando o condutor por sinais (visual ou sonoro) ou por um breve solavanco em um segundo estágio. Caso o motorista não freie forte o suficiente, o sistema automaticamente gera força de frenagem para tentar evitar a colisão. O teto solar é um item opcional tanto para o Comfortline como para o R-Line e eleva o valor em R$ 4.990.

O Jetta tem três anos de garantia sem limite de quilometragem e as três primeiras revisões (10 mil, 20 mil e 30 mil quilômetros) são grátis. O plano de revisões até 60 mil sai por R$ 2,2 mil. Este valor, segundo a VW, está 40% abaixo da média dos concorrentes.



Tags: VW, Volkswagen, Jetta, Gustavo Schmidt, Pablo Di Si, Comfortline, R-Line, Toyota, Corolla, Honda, Civic, Chevrolet, Cruze, ACC, SUVs, sedãs.

Comentários

  • HilárioVassoler

    Avisopara quem for adquirir um Jetta. O barulho da bomba de alta é insuportável, porém a fábrica diz que está dentro dos padrões de qualidade da VW, o que justifica sua posição no Ranking de vendas. A carta resposta não menciona o problema reclamado, não dá o email ou telefone de contato dos técnicos, ou seja, criar dificuldade para desestimular a continuidade do processo, sendo um total desprezo e desrespeito ao consumidor. Sugiro colocar protetores auriculares como item de série. #JETTANUNCAMAIS

  • RicardoMichaelsen

    Ocarro pode ter muitas qualidades mas a marca continua a enganar os consumidores chamando o material do banco de COURO, quando na realidade é um tecido sintético oriundo do petróleo ferindo a lei 4.888/65.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência