Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Keko Acessórios pede recuperação judicial

Autopeças | 13/09/2018 | 21h31

Keko Acessórios pede recuperação judicial

Empresa atribui mau momento à instabilidade econômica e forte retração do mercado

REDAÇÃO AB

A Keko, fornecedora de acessórios para veículos, informa que ingressou com um pedido de recuperação judicial, o qual foi protocolado no último dia 6 de setembro no Fórum de Flores da Cunha (RS), cidade sede da companhia. Em nota divulgada à imprensa na quinta-feira, 13, a empresa afirma que a instabilidade econômica dos últimos quatro anos e a forte retração do mercado automotivo impactaram os negócios de forma profunda, o que afetou sua saúde financeira.

“A medida judicial se faz necessária para reorganizar a empresa, dar sustentabilidade e viabilidade ao negócio e preservar o quadro funcional, hoje com 420 empregados diretos”, afirma em nota.

Inúmeras alternativas de renegociações foram propostas pela Keko aos bancos com os quais financiou grande parte de seu investimento para a nova fábrica em Flores da Cunha, a fim de sanar o seu passivo a curto prazo. Segundo a empresa, essas dívidas estavam inviabilizando a gestão adequada do caixa e o cumprimento das obrigações com os demais credores.

Contudo, a fabricante de acessórios informa que apesar do endividamento, mantém a operação estável e que está preparada para crescer. Seu faturamento está estabilizado desde 2015. A Keko acrescenta que a carteira de pedidos está em crescimento e lembra que além de atender o aftermaket, é fornecedora homologada de doze montadoras e também serve ao mercado de exportações com embarques para 42 países.

“A empresa acredita que a recuperação judicial permitirá focar na melhoria da sua capacidade de fornecimento e na manutenção da perspectiva de crescimento sustentável para os próximos anos, confiante na sua capacidade de inovação e na retomada do mercado automotivo e da economia brasileira”, acrescenta a nota. “A recuperação judicial preservará de maneira ainda mais duradoura e sustentável a relação com seus profissionais, fornecedores e clientes.”



Tags: Keko, recuperação judicial, Flores da Cunha, acessórios.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência