Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Indústria | 30/08/2018 | 18h43

Moura inaugura sua quinta fábrica em Pernambuco, a sexta no Brasil

Unidade erguida em Belo Jardim recebeu investimento de R$ 170 milhões

REDAÇÃO AB

A fabricante de baterias Moura inaugurou mais uma fábrica no Brasil, a sexta no País e a quinta em Belo Jardim, cidade-sede da empresa, localizada na região do agreste de Pernambuco, a 180 quilômetros da capital Recife. É a sétima unidade fabril da companhia para a produção de baterias na América do Sul: outras duas estão localizadas em Itapetininga (SP) e uma em Pilar, na Argentina. A nova fábrica recebeu investimento de R$ 170 milhões, financiados pelo Banco do Nordeste, Finep (Financiadora de Estudos e Projetos) e BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social).

Segundo a Moura, no pico de sua operação, a nova fábrica terá capacidade para quase dobrar a produção anual do Grupo Moura, que hoje entrega 10 milhões de baterias por ano, entre automotivas, estacionárias, tracionárias e para motocicletas. A meta é entregar 1 milhão de unidades até o fim do ano, quando planeja empregar até 200 pessoas na nova operação, que demorou menos de um ano para ficar pronta.

Nesta primeira fase, a nova planta produzirá baterias de maior capacidade, aquelas dedicadas aos SUVs, caminhonetes, picapes e caminhões. Habilitada para atender diversas especificações, sua flexibilidade permite produzir um mix variado a fim de atender toda a demanda da América do Sul. Segundo a Moura, 15% de sua produção será voltada para exportações.

Planejada para ser autossustentável, a nova fábrica de Belo Jardim já nasce pronta para a expansão. As linhas são automatizadas, flexíveis e trazem um novo desenho logístico voltado para a eficiência. Seu projeto contou com a participação do Instituto de Tecnologia Edson Mororó Moura (ITEMM), um dos principais parceiros tecnológicos da Moura e único instituto de ciência e tecnologia do Brasil com foco exclusivo em pesquisa & desenvolvimento para sistemas de acumulação de energia. A planta reúne ainda cerca de 2 mil itens de melhoria nas etapas de concepção, desenvolvimento e implementação, desenvolvidos com a contribuição dos 6 mil trabalhadores das demais fábricas da empresa.

A gestão é baseada no programa líder de manufatura, que prevê até oito trabalhadores sob supervisão de cada encarregado de produção. Os preceitos da gestão na área de produção são inspirados no World Class Manufacturing (WCM) adotado pelo Grupo Moura em todas as suas unidades fabris. Nos últimos 10 anos, a empresa aplicou cerca de R$ 1 bilhão em expansão de capacidade produtiva.



Tags: Moura, fábrica, baterias, investimento, Belo Jardim, Pernambuco.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência