Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Renault Kwid chega ao primeiro ano como líder do segmento
Baixo consumo, preço camarada, aparência de SUV e campanha na TV: receita de sucesso do Kwid

Mercado | 28/08/2018 | 20h13

Renault Kwid chega ao primeiro ano como líder do segmento

No acumulado de 2018 foram 38,8 mil unidades vendidas, ante 32,5 mil do Fiat Mobi e 13,1 mil do VW Up!

REDAÇÃO AB

O Renault Kwid completou o primeiro ano de mercado como líder de seu segmento. De janeiro até 27 de agosto de 2018 o modelo teve 38,8 mil unidades emplacadas. No ranking dos automóveis mais vendidos ele ocupa a sétima posição.

Como comparação, o Fiat Mobi, um dos concorrentes diretos, teve 32,5 mil emplacamentos nesse mesmo período, ocupando a 11ª posição no ranking. E pelo retrovisor do Kwid mal dá para ver o Volkswagen Up!, lá atrás, na 31ª colocação, com 13,1 mil unidades lacradas nestes quase oito meses, segundo dados da Fenabrave, federação que reúne as associações de concessionários.

A soma dos licenciamentos de 2017 e 2018 do Kwid resulta em 61,4 mil unidades. Baixo consumo (leia aqui), preços camaradas (a partir de R$ 32.490), estilo semelhante ao dos SUVs e uma forte campanha na TV em rede nacional garantiram o sucesso do carrinho fabricado em São José dos Pinhais (PR).

Apesar da vitória sobre os rivais diretos, vale dizer que nem só as novidades como o Kwid cativam o consumidor brasileiro, cuja preferência ainda recai sobre hatches um pouco maiores. Basta dizer que o Chevrolet Onix teve mais de 120 mil unidades emplacadas de janeiro a 27 de agosto (três vezes mais que o Kwid) e o veteraníssimo VW Gol, 44,3 mil (14% a mais). O Renault Sandero, que custa quase 50% a mais que o Kwid (na comparação entre as versões básicas), teve 32 mil unidades no período, apenas 6,8 mil a menos que o Kwid.

“O Kwid é um veículo fundamental para a estratégia de crescimento da Renault no Brasil, sendo um dos elementos responsáveis por termos alcançado uma participação de mercado superior a 8% no acumulado de janeiro a julho”, afirma o presidente da Renault do Brasil, Luiz Pedrucci.





Tags: Renault, Kwid, Fiat, Mobi, VW, Volkswagen, Up!, Gol, Onix, Sandero.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência