Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Balanço | 07/08/2018 | 20h18

Tupy registra maior faturamento da história no 2º trimestre

Receita chega a R$ 1,22 bi e lucro de R$ 48 milhões cresce três vezes

REDAÇÃO AB

Maior fundição de blocos de motor do País, a Tupy apurou no segundo trimestre o maior faturamento de sua história, ao totalizar R$ 1,22 bilhão, valor 32,3% maior do que o obtido no mesmo período do ano passado. De maneira geral, a companhia informou resultados que demonstram crescimento expressivo no segundo quarto de 2018. A rentabilidade acompanhou a expansão das receitas.

O lucro líquido somou R$ 48,3 milhões, três vezes o montante observado entre abril e junho de 2017 (R$ 15,9 milhões). O EBITDA ajustado (lucro antes de impostos, despesas financeiras e depreciação de ativos) atingiu R$ 180,8 milhões, em crescimento de 70,9% ante o mesmo período do ano anterior, com margem de 14,8%. Excluindo impactos ocasionados pela greve dos caminhoneiros, a margem EBITDA foi de 16% no trimestre.

A geração de caixa operacional de R$ 162,4 milhões foi a maior da história da companhia catarinense em um segundo trimestre, correspondente a aumento de 110,5% na comparação com idêntico intervalo de 2017. O retorno sobre o capital investido ficou em 10,2%.

“A economia global continua forte, impactando positivamente setores que temos grande exposição, como mineração, construção residencial e não residencial e extração de petróleo, entre outros”, afirmou Fernando de Rizzo, presidente da Tupy, para explicar o expressivo aumento de receitas. Ele também destacou o aumento da rentabilidade: “Nos últimos 12 meses desenvolvemos uma série de ações com o objetivo de melhorar nossa eficiência operacional e alocação de capital que acarretaram no aumento da rentabilidade observada neste trimestre. Essa mudança é planejada e se refere à estratégia de otimização dos investimentos, com foco no aumento do retorno sobre o capital investido”, informou.

CRESCIMENTO INTERNO E EXTERNO



As exportações continuam a representar por larga margem a maior fonte de receitas da Tupy. O mercado externo representou 83% das vendas no segundo trimestre, com aumento de 33,7% no faturamento na comparação com 2017, decorrente do crescimento em todos os segmentos atendidos pela fundição no exterior, notadamente transporte, infraestrutura e agricultura. Os negócios com clientes na América do Norte representaram 65% da receita externa da companhia. Américas do Sul e Central representaram 18% e a Europa, 11,4%. Os demais 5,6% vieram da Ásia, África e Oceania.

No mercado interno, o faturamento cresceu 25,5%, graças especialmente ao aumento das vendas de veículos comerciais, de 47,4% no período.

Em 24 de agosto de 2018, a Tupy pagará aos acionistas juros sobre capital próprio no montante de R$ 37,5 milhões. Conforme aprovado anteriormente pelo conselho de administração, em todo o exercício de 2018 serão distribuídos R$ 150 milhões, no mínimo, distribuídos trimestralmente. A primeira parcela trimestral foi paga em 25 de maio passado.



Tags: Tupy, fundição, balanço, faturamento, lucro, resultado.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência