Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Cummins tem lucro líquido 6% maior no 1º semestre

Balanço | 01/08/2018 | 19h43

Cummins tem lucro líquido 6% maior no 1º semestre

Ganhos somam US$ 870 milhões enquanto receita sobe 21%, para US$ 11,7 bilhões

REDAÇÃO AB

A forte demanda de caminhões em todo o mundo no primeiro semestre ajudou a Cummins a aumentar seu lucro líquido em 6%. Em comunicado, a companhia fabricante de motores diesel e soluções de transporte reportou na primeira metade do ano ganhos de US$ 870 milhões contra os US$ 820 milhões de mesmo período de 2017.

Com atuação nos principais mercados globais, a empresa arrecadou US$ 11,7 bilhões em receita líquida, aumento de 21,1% sobre os US$ 9,66 bilhões apurados na primeira metade de 2017.

O lucro antes de impostos também subiu, fechando o semestre em alta de 7,9% para US$ 1,2 bilhão.

“Estamos no caminho certo para entregar vendas, receita e fluxo de caixa recorde no ano. A empresa agora planeja devolver 75% do fluxo de caixa operacional aos acionistas na forma de dividendos e recomprar ações em 2018, acima do nosso plano anterior de devolver 50%”, declarou em nota o presidente e CEO, Tom Linebarger.

Com base no cenário atual, a Cummins revisou e elevou sua projeção para o ano em termos de receita: a empresa espera que o faturamento de 2018 seja de 15% a 17% maior – a previsão anterior visava ganhos de 10% a 14% maiores. Enquanto isso, o Ebitda está projetado na faixa de 14,8% a 15,2% das vendas em razão de despesas associadas a tarifas comerciais e aumento de custos de commodities no segundo semestre do ano.



Tags: Balanço, lucro, Cummins, motores, receita, faturamento.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência