Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Produção da Volkswagen no Brasil deve crescer 12%

Indústria | 27/07/2018 | 13h38

Produção da Volkswagen no Brasil deve crescer 12%

Aumento será puxado por Polo e Virtus, já que a maioria da linha perdeu espaço no mercado interno

MÁRIO CURCIO, AB

A produção de automóveis da Volkswagen crescerá 12% este ano na comparação com 2017, segundo Pablo Di Si, presidente e CEO da montadora para a América do Sul e Brasil. A informação foi divulgada pelo executivo durante a apresentação dos novos Gol e Voyage equipados com câmbio automático (veja aqui).

A expectativa de crescimento está basicamente ancorada nas vendas internas do novo Polo e do sedã Virtus (montados em São Bernardo do Campo, SP, assim como a picape Saveiro) e nas exportações de toda a linha, já que as vendas no Brasil de quase todos os veículos da marca caíram neste primeiro semestre em relação ao mesmo período do ano passado.

O Polo foi o quarto carro mais vendido no primeiro semestre deste ano, com 34,1 mil unidades. O Virtus se aproximou das 17 mil unidades no período, apesar de suas vendas terem começado para valer somente em fevereiro. A Saveiro anotou 22,2 mil unidades e alta de 10,1%. A fábrica do ABC paulista vem operando em três turnos. Com o impulso dado pelos dois novos carros, as vendas internas da VW no primeiro semestre cresceram acima da média do mercado.

“Nossas vendas cresceram 33%, enquanto o mercado total subiu apenas 14%”, comemora Pablo Di Si.



A fábrica de Taubaté (SP) terá de contar com a ajuda das exportações para crescer, mas os argentinos devem comprar 10 mil Volkswagen brasileiros a menos este ano e a montadora talvez não consiga compensar essa perda com outros destinos como Chile, Colômbia e Peru, por exemplo.

Em Taubaté são fabricados 910 carros por dia em dois turnos e metade da produção vai para os países da América Latina. No mercado interno, os três modelos ali montados perderam espaço no primeiro semestre ante igual período do ano passado. O Up! ficou abaixo das 10 mil unidades e recuou 46,2%. O Gol registrou 32,5 mil unidades, 10% a menos. A queda do Voyage foi de 17%. O sedã teve pouco mais de 15 mil emplacamentos nestes seis meses.

É verdade que a opção automática será um estímulo a mais para os dois, mas é pouco provável suas vendas cresçam significativamente em 2018 sobre o ano passado, já que eles perderam espaço para Polo e Virtus, concorrentes vendidos dentro da mesma rede de concessionárias.

À ESPERA DO T-CROSS NO PARANÁ


A fábrica paranaense de São José dos Pinhais espera uma virada com a chegada do utilitário esportivo compacto T-Cross, mas isso ainda levará alguns meses. A preparação para a montagem do modelo começa neste segundo semestre, mas a produção em série se inicia apenas em 2018, segundo Di Si.

Em São José dos Pinhais são produzidos atualmente dois modelos Volkswagen. Um deles é o Golf, cujas vendas em todo o semestre foram de apenas 1,7 mil carros, 30% a menos que no primeiro semestre do ano passado. O outro é o Fox, que teve 18,7 mil unidades vendidas e recuou 10%.

Em 2012 essa unidade montava a cada mês cerca de 18 mil carros. Neste ano foram menos de 4 mil unidades mensais incluindo na conta a produção dos Audi A3 sedã e Q3.

Na fábrica de motores de São Carlos (SP), a Volkswagen informa que a produção crescerá 58% por causa das exportações.



Tags: Volkswagen, Polo, Virtus, Gol, Golf, Voyage, Saveiro, Up!, Fox, Audi, Q3, Q3.

Comentários

  • SandroMauricio da Silva

    Quandodisseram que a VW era vários elefantes brancos e obsoleta na década de 90, aí está o resultado. Lembro que nos funcionários ficamos preocupados, mas essas informações de menospreso, motivaram a todos desde o guarda da portaria ao presidente em exercício. Desde então os colaboradores junto ao Plano traçado pela corporacao em todos os Departamentos se uniram e com orgulho e brio afetados fomos todos busca do maior objetivo. Colocar a VW em uma das maiores Montadoras do mundo e vejo isso acontecendo... Tecnologia de ponta, profissionais qualificados desde a estrutura existente a anos ( Senai Volkswagen) como injeção de cursos e insentivos ao desenvolvendo na Graduação, especialização e MBA em vários seguimentos da indústria, modernização de máquinas e equipamentos na Ferrentaria VW Anchieta, profissionais na área produtiva tbem cada vez mais preparados e qualificados... Isso é vontade, determinação de um grupo chamado Volkswagen.orgulho de ter feito parte dessa história. Saudades!!!

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência