Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
MAN Truck & Bus vende 285 caminhões à Heineken México
Com a chave na mão, Francisco Garza, vice-presidente de logística da Heineken, cumprimenta Leandro Radomile, diretor geral da MAN Truck & Bus México

Negócios | 28/06/2018 | 15h20

MAN Truck & Bus vende 285 caminhões à Heineken México

Modelo Workline 17.230 equivale ao brasileiro Volkswagen Worker; outros 100 serão entregues este ano

REDAÇÃO AB

A MAN Truck & Bus México, divisão da MAN Latin America, entregou à fabricante de cervejas Heineken 285 caminhões Volkswagen Workline 17.230 (modelo equivalente ao Worker nos mercados externos). Os veículos são equipados com tecnologia Euro 5 e já rodam pelas cidades de Mérida, Cancun, Monterrey, Cidade do México, Pachuca, Ciudad Juárez, Puerto de Veracruz y Xalapa.

Outras 100 unidades serão entregues durante o ano. Os caminhões comprados pela Heineken México foram adaptados no centro de modificações da montadora. Receberam suspensão pneumática e motor turbodiesel de quatro cilindros.

“A cabine avançada, que melhora a visibilidade e capacidade de manobra, está entre as vantagens do Workline”, afirma Francisco Garza, vice-presidente de logística e atendimento ao cliente da Heineken. “Essa característica é reforçada pela câmera de ré, que ajuda na redução de incidentes”, diz.



Tags: MAN Truck & Bus, MAN Latin America, Volkswagen, Workline, Worker, Francisco Garza.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência