Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Financiamentos recuam 2,4% em maio com greve dos caminhoneiros

Crédito | 27/06/2018 | 18h45

Financiamentos recuam 2,4% em maio com greve dos caminhoneiros

Total de recursos liberados para veículos cai na comparação com abril, aponta Banco Central

REDAÇÃO AB

O total de crédito liberado para o financiamento de veículos recuou 2,4% em maio na comparação com o resultado de abril, de acordo com acompanhamento divulgado na quarta-feira, 27, pelo Banco Central. Os dados mostram que os recursos somaram R$ 8,26 bilhões em maio contra os R$ 8,46 bilhões do mês imediatamente anterior, mais um reflexo da greve dos caminhoneiros realizada na penúltima e última semanas daquele mês, o que causou a paralisação de várias atividades econômicas, incluindo a venda de veículos.



- Faça aqui o download dos dados do Banco Central
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência





Embora o volume de concessões viesse em uma escala decrescente desde março, o resultado de maio se consolidou como o segundo pior do ano até agora, abaixo apenas do desempenho verificado em fevereiro, que já é mais fraco historicamente. Na comparação com maio de 2017, há um claro viés de recuperação do setor, com crescimento de 23,5%.

Apesar do desempenho menor nas concessões, o saldo das carteiras de veículos subiu levemente, com índice de 0,8% na passagem de abril para maio ao atingir R$ 156,7 bilhões, o melhor resultado do ano até agora. A escalada começou há exatamente um ano: no comparativo anual, há um avanço de quase 5%, seguindo trajetória de crescimento mês a mês.

A saúde das carteiras também se deve ao baixo nível de inadimplentes no setor, embora o índice tenha oscilado em maio para 3,7% contra os 3,6% de abril, considerando os contratos de financiamento de veículos para pessoas físicas. No entanto, há o que se comemorar quando se olha para trás: há um ano, os atrasos representavam 4,5% dos contratos.

A taxa média aplicada para a compra à prazo de veículos fechou maio em 15,2% ao ano, leve aumento de 0,2% sobre o apurado no mês anterior, que foi de 15%.



Tags: Financiamentos, crédito, recursos, Banco Central, inadimplência.

Comentários

  • FlavioCroppo

    PrezadoPaulo Braga, boa tarde! Como sou um admirador do trabalho da sua equipe tenho visto que há alguns equívocos nos Suplementos AB dos Financiamentos, pois há alguns meses não encontro o prazo médio das operações, o que nos impede de saber o comportamento dos bancos e do consumidor na compra de veículos e, hoje, encontro a taxa de juros totalmente equivocada, pois as taxas apontadas não refletem qualquer sintonia com o mercado. Certamente que as taxas indicadas no AB não são para o Consumidor final pessoa física. Grande abraço. Flavio Croppo

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência