Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Lifan começa a vender X80, novo SUV de 7 lugares
X80 custa menos que concorrentes de 7 lugares como VW Tiguan, Mitsubishi Outlander e Peugeot 5008

Lançamentos | 18/06/2018 | 19h44

Lifan começa a vender X80, novo SUV de 7 lugares

Grandalhão montado no Uruguai chega ao Brasil por R$ 130 mil

MÁRIO CURCIO, AB | De Campos do Jordão (SP)

A Lifan começa a vender o utilitário esportivo X80, um modelo com sete lugares e realmente grande. O carro tem 4,82 metros de comprimento e preço sugerido de R$ 129.777. No entanto, a fábrica uruguaia começou a montá-lo na metade de abril, produziu um lote de 320 unidades e entrou em layoff há uma semana por causa do estoque elevado do X60, SUV menor montado ali desde 2013.

O comprimento total do novo X80 é pouco maior que o do Toyota SW4. Mas os SUVs com sete lugares mais próximos em preço são o VW Tiguan Allspace (R$ 149.990), o Mitsubishi Outlander (R$ 151.900) e o Peugeot 5008 (R$ 157.490). A Lifan teve dificuldade de estabelecer um preço com a desvalorização do real.

“Neste momento, nossa preocupação é abastecer a rede, mas é verdade que a alta do dólar impacta demais nossa operação”, admite o diretor comercial, Jair de Oliveira.



A margem de lucro de cada unidade é de 10% do valor do carro, segundo o presidente da operação local, Johnny Fang: “Estamos abrindo mão da nossa margem neste momento”, afirma o executivo. Com a ajuda dos 45 pontos de sua rede de concessionários, a empresa pretende vender cerca de 120 unidades por mês no País.


Novo modelo tem painel digital e central multimídia compatível com Apple Car Play e Android Auto. Terceira fila conta também com porta-copos e saídas de ar-condicionado

O X80 recebe um motor 2.0 turbo a gasolina com injeção direta e 184 cavalos. O câmbio é automático de seis marchas. Segundo a empresa, o X80 atinge velocidade máxima superior a 200 km/h. O consumo na cidade divulgado é de 8,4 km/l e na estrada chega a 12,3 km/l. Mas no trajeto de ida e volta percorrido entre as cidades de São Paulo e Campos do Jordão, o computador de bordo indicava 10,2 km/l.

PACOTE ÚNICO


Bastante equipado, o X80 recebe teto solar, bancos elétricos para motorista e passageiro da frente, painel digital com três opções de aparência e ar-condicionado com controle automático de temperatura na dianteira. Na traseira há ajuste de temperatura e ventilação. As saídas de ar para a segunda e terceira filas ficam no teto.

Os itens de segurança incluem controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistentes de partida em subida e para o controle do carro em descidas íngremes. O X80 traz também um sistema de auxílio à frenagem de emergência e outro que reduz a inclinação da carroceria em caso de guinada brusca no volante.

Também vale a pena citar o sistema start-stop, abertura da porta e partida por chave presencial, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, retrovisores externos com aquecimento, a grande quantidade de porta-objetos no console, portas e atrás dos bancos. Outro destaque é o assoalho plano nas duas fileiras de trás. “Estamos iniciando uma nova fase e deixando para trás os modelos de baixo custo”, recorda Johnny Fang.


Arranjo interno dos bancos torna o X80 bem versátil. Capacidade de bagagem vai de 200 litros com todos os bancos em uso até 1,9 mil litros com as duas filas rebatidas

O X80 tem volante multifuncional que integra comandos do rádio, telefonia e do controlador automático de velocidade. E é ajustável em altura e profundidade. A central multimídia tem seis alto-falantes, tela de oito polegadas sensível ao toque, é compatível com Apple Car Play e Android Auto, mas só espelha em sua tela os smartphones com sistema Android. Sua tela exibe a câmera de ré com três tipos de linhas-guia de referência. Mas não há navegador GPS.

Também não combina com um carro deste tamanho e preço a falta de sistema antiesmagamento e subida um-toque para os vidros.

DESEMPENHO ABAIXO DO ESPERADO


O novo SUV da Lifan é bem confortável, tem boa posição de dirigir, mas apesar dos 184 cavalos de seu motor turbo, responde meio devagar ao acelerador, mesmo andando somente em duas pessoas e pouca bagagem. Essa lentidão fica clara tanto nas saídas de pedágio como nas retomadas de velocidade. Andando a 100 km/h, mesmo usando o câmbio em modo manual e reduzindo de sexta para quarta marcha ele demora para acordar e fazer ultrapassagens.

Mas também é verdade que andando em Drive com o botão Sport acionado o comportamento melhora bastante. A inclinação da carroceria em curvas também incomoda um pouco àqueles que gostam de andar mais forte, mas quem dirige mais comportado não vai reclamar. No mais, o que agrada mesmo é o bom espaço para passageiros e bagagem. Com a terceira fila de bancos fora de uso seu porta-malas comporta 900 litros até o teto e aproximadamente 600 litros até a altura dos vidros.

LAYOFF


Sobre a parada da produção no Uruguai, o presidente Johnny Fang explicou: "As vendas do X60 caíram. Ele está em produção desde 2013, ficou defasado e também recebeu uma grande quantidade de concorrentes com preço agressivo", admite. Haveria 600 unidades em estoque, que devem manter a planta uruguaia em stand-by por três meses.



Tags: Lifan, X80, X60, Jair de Oliveira, Jeep, Compass, VW, Tiguan, Mitsubishi, Outlander, Peugeot, 5008, X70, Rota 2030.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência