Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
New Holland amplia rede em quase 30%
New Holland nota tendência de migração de colheitadeiras médias para grandes

Máquinas agrícolas | 27/04/2018 | 15h35

New Holland amplia rede em quase 30%

Aberturas de revendas se concentraram na região Nordeste

MÁRIO CURCIO, AB | De Castro (PR)

Apostando no crescimento do agronegócio, a New Holland fez sua rede de concessionárias dar um salto de quase 30% em quatro anos. “Passamos de 180 para 230 revendas nesse período”, afirma o vice-presidente da companhia para a América Latina, Rafael Miotto.

O executivo concedeu entrevista a Automotive Business durante a apresentação de um trator-conceito movido a biometano (leia aqui).

O Nordeste foi a região em que se concentrou o maior número de aberturas de concessionárias, mas é o Rio Grande do Sul o Estado que reúne mais casas, 35 ao todo.

Embora sem revelar números totais, a empresa informa que ganhou neste primeiro trimestre 2,5 pontos porcentuais de participação no mercado brasileiro sobre igual período do ano passado como consequência do aumento da gama de produtos e da consolidação dos lançamentos feitos em anos recentes.

Essa ampliação do market share teria ocorrido em tratores (fabricados em Curitiba, PR), colheitadeiras (Curitiba e Sorocaba, SP) e também em plantadeiras e pulverizadores (Piracicaba, SP).

“Percebemos estabilidade no mercado de colheitadeiras pequenas, mas começa a haver um movimento de migração das médias para as grandes”, afirma Miotto.



“Nos tratores ocorre uma migração para modelos mais potentes, todos procuram fazer mais com menos máquinas”, afirma o executivo, usando como exemplo o modelo New Holland T9, o mais potente da empresa à venda no Brasil. Ele tem versões até 620 cavalos e o aumento de sua procura resultou em uma linha especial de financiamento pelo banco da montadora, com condições semelhantes às do Finame.

ALTA DE 5% A 10% EM 2018


Depois de um 2017 morno para o mercado de máquinas agrícolas e rodoviárias, com leve alta de 1,5% sobre 2016, Miotto confia em crescimento para este ano: “Ficará entre 5% e 10%”, estima. No início do ano a Anfavea previa a venda de 46 mil máquinas em 2018 e crescimento de apenas 3,7% sobre 2017.

No entanto, a entidade já admite rever para cima sua projeção por causa de bons resultados em feiras agrícolas que ocorreram no primeiro trimestre e pela perspectiva de uma grande safra de grãos para este ano (veja aqui).



Tags: New Holland, Rafael Miotto, tratores, colheitadeiras, plantadeiras, pulverizadores, biometano.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência