Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Nissan de Resende atinge 30 mil carros exportados

Indústria | 29/03/2018 | 12h22

Nissan de Resende atinge 30 mil carros exportados

Vendas externas tiveram salto recente com a ajuda do Kicks

REDAÇÃO AB

A fábrica da Nissan em Resende (RJ) atingiu a marca de 30 mil carros produzidos para o mercado externo. O projeto de exportação da unidade completou dois anos nesta semana e, segundo a montadora, registrou crescimento significativo para os mercados da América Latina.

Do total de 30 mil carros para exportação, 10 mil foram montados de novembro de 2017 a março deste ano. Parte disso se deve à introdução do Kicks. Desde dezembro, o utilitário esportivo fabricado no Rio de Janeiro passou a ser vendido também na Argentina, que já recebia os modelos March e Versa de Resende.

Estes dois também são vendidos na Bolívia, Chile, Costa Rica, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai. "O projeto de exportação de Resende confirma o potencial da Nissan na América Latina", afirma o diretor de produção da Nissan do Brasil, Wesley Custódio.



Tags: Nissan, Resende, Kicks, March, Wesley Custódio.

Comentários

  • JoséEduardo Cogo

    èpor isso que estão atrasando tanto as entregas dos veículos no Brasil, o prazo de entrega que antes não passava de 60 dias agora ta em 150 dias,já me arrependi de ter comprado um Nissan, erro meu devia ter pesquisado no site ReclameAqui da medo de ver tanta reclamação da marca .

  • RenatoHajime Sakaniwa

    Estoua espera do nosso Versa Unique já mais de 90 dias a contar a partir de 14/04/2018 e a unica resposta que recebo é que não tem previsão de produção. Preferem atender os clientes do exterior do que atender os clientes do Brasil. ENTÃO VÃO EMBORA DO BRASIL!!!

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência