Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
BMW começa a produzir novo X3 em Araquari

Indústria | 26/03/2018 | 19h12

BMW começa a produzir novo X3 em Araquari

Versão nacional de R$ 309.950 junta-se aos utilitários esportivos X1, X4 e aos Série 3

REDAÇÃO AB

O novo BMW X3 começou a ser produzido segunda-feira, 26, na fábrica de Araquari (SC) na versão xDrive30i X Line. O carro tem preço sugerido de R$ 309.950 e está em sua terceira geração, lançada no Salão de Frankfurt de 2017. Atualmente, a fábrica catarinense monta também sedãs Série 3 e os utilitários esportivos (SUVs) X4 e X1. Este foi exportado aos países do Nafta (Acordo de Livre Comércio da América do Norte) nos últimos anos graças à flexibilidade da linha de produção.

“O Grupo BMW tem uma estratégia de investimentos no Brasil com foco em longo prazo. O X3 integra o planejamento original da fábrica de Araquari, totalizando o investimento de R$ 1 bilhão, feito ao longo dos últimos quatro anos”, afirma o responsável interinamente pela unidade, Otávio Rodacoswiski.

Segundo a BMW, nos últimos meses os colaboradores de diversas áreas da fábrica brasileira e da central na Alemanha trabalharam intensamente na preparação e treinamento para o lançamento do veículo. Os trabalhadores passaram por treinamento na Alemanha e nos Estados Unidos.

A fábrica de Araquari tem capacidade instalada para 32 mil carros por ano, três vezes mais do que a marca vendeu em todo o ano de 2017 (10,2 mil carros) na soma de modelos nacionais e importados. As carrocerias são armadas, soldadas e pintadas em Santa Catarina. No ano passado, os veículos da linha X responderam por 60% da produção da planta brasileira.



Tags: BMW, X3, X1, X4, Série 3, Araquari, Nafta, Otávio Rodacoswiski.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência