Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Financiamento de veículos cresce 24% em um ano, aponta Banco Central

Crédito | 26/03/2018 | 19h10

Financiamento de veículos cresce 24% em um ano, aponta Banco Central

Liberação de crédito chega a R$ 15,5 bilhões no 1º bimestre; há um ano, setor contratou R$ 12,4 bi

REDAÇÃO AB

O volume de crédito para o financiamento de veículos cresceu 24,2% em um ano, considerando o resultado acumulado do primeiro bimestre, que beirou os R$ 15,5 bilhões, contra os R$ 12,4 bilhões registrados em mesmo período de 2017, segundo dados do sistema financeiro divulgados pelo Banco Central na segunda-feira, 26. O resultado de fevereiro, que somou R$ 6,9 bilhões, também foi maior na comparação anual (sobre igual mês do ano passado), com alta de 19,6%, mas ficou 19,1% abaixo do desempenho verificado em janeiro deste ano, quando o setor contratou R$ 8,5 bilhões no total. Seguindo a lógica do mercado, em fevereiro os negócios foram inferiores devido ao menor número de dias, quatro a menos do que janeiro.



- Faça aqui o download dos dados do Banco Central
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência



O saldo das carteiras encerrou o período em R$ 151,4 bilhões, leve recuo de 0,1% sobre o resultado verificado em janeiro. Isso denota uma melhora na saúde das carteiras, com pequena alta de 1%, ao comparar com o resultado de 2017, quando as instituições financeiras somavam R$ 149,8 bilhões para o setor de veículos. Contra o saldo de fevereiro de 2017, há um aumento de 5,3%, uma vez que há um ano o saldo era de R$ 143,7 bilhões.

A inadimplência atingiu um dos menores níveis para o setor de veículos ao encerrar fevereiro em 3,7%, uma queda importante de 0,9 ponto porcentual sobre o nível verificado há ano. Historicamente, os atrasos dos pagamentos nos financiamentos de veículos (acima de 90 dias) possuem o menor patamar se comparado com outros setores. Segundo o BC, a inadimplência está em 9,1% para a soma de outros bens, considerando o dado de fevereiro. Para o cartão de crédito, por exemplo, 6,1% dos contratantes estão com atraso acima de 90 dias.

A taxa média de juros praticada para os novos contratos de financiamento de veículos voltou a cair após registrar alta desde novembro de 2017. Se em janeiro, a média ficou em 22,7%, no mês passado fechou em 22,5%. No comparativo anual, sobre fevereiro de 2017, quando a média era de 25,7%, há uma queda de 3,2 pontos porcentuais. Já o prazo médio ficou estável em 42,6 meses, o mesmo verificado em janeiro.



Tags: Crédito, Banco Central, saldo, saldo das carteiras, financiamento, inadimplência.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência