Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

| 18/11/2008 | 00h00

Governador de São Paulo destaca potencial do etanol

“O etanol tem excelentes possibilidades de se transformar no substituto ou no complemento da gasolina em todo o mundo”, disse ontem o governador de São Paulo, José Serra, durante a abertura da 1ª Conferência Internacional de Biocombustíveis, que ocorre durante toda a semana em São Paulo. “Nosso custos são os mais baixos do mundo.

Automotive Business

“O etanol tem excelentes possibilidades de se transformar no substituto ou no complemento da gasolina em todo o mundo”, disse ontem o governador de São Paulo, José Serra, durante a abertura da 1ª Conferência Internacional de Biocombustíveis, que ocorre durante toda a semana em São Paulo. “Nosso custos são os mais baixos do mundo. O produto encontra resistência nos EUA, onde a produção, feita de milho, é muito mais cara e foi responsável pela elevação do preço mundial de alimentos”, afirmou Serra, lembrando que a poluição do combustível etanol é menor do que a de gasolina. De acordo com o governador, o Estado de São Paulo é responsável por 60% da produção de açúcar e 2/3 da produção de etanol do Brasil. “Por causa da importância da cana no Estado, adotamos medidas como a extinção total das queimadas; zoneamento determinado para o cultivo de cana e o investimento em pesquisa através da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) – que recebe 1% da receita tributária do Estado para aplicar em pesquisas e desenvolve um amplo programa de etanol em parceria com agências privadas. Serra informou ainda que, ao lado das três universidades de São Paulo, o governo estadual cria um centro de bioenergia, no qual serão investidos R$ 100 milhões.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência