Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Parcerias | 21/02/2018 | 19h09

VW e Hyundai cooperam com Aurora Innovations por carro autônomo

Empresa defende que a tecnologia vai avançar mais rápido se indústria trabalhar de forma colaborativa

FERNANDO CALMON, PARA AB

A velocidade com que se desenvolve a tecnologia de condução autônoma tem surpreendido até mesmo os céticos. O recém-divulgado acordo de cooperação da startup americana Aurora Innovations (AI) com Volkswagen e Hyundai é mais um importante movimento nesse sentido. Fundada há exatamente um ano por dois especialistas - Chris Urmson, ex-chefe da equipe do projeto de carro autônomo do Google, e Sterling Anderson, ex-diretor do Autopilot da Tesla - a AI também conseguiu atrair Drew Bagnell, ex-líder de autonomia do Uber.

A empresa acredita que a condução autônoma poderá se desenvolver muito mais rapidamente em parceria com fabricantes de automóveis. Ou seja: cada um com sua especialidade. A proposta é ganhar tempo e reduzir custos aproveitando a experiência acumulada pelos sócios da startup.

Mas isso não impede quase uma “guerra” no setor. A Tesla entrou com ação judicial contra a AI, logo após esta iniciar atividades em janeiro do ano passado. Alegação foi de que Anderson teria levado dados secretos e aliciado engenheiros do seu programa Autopilot. Enquanto isso, a AI continuou a avançar e iniciou testes de seu sistema montado num Audi Q7, no segundo semestre de 2017. A proposta é de trabalhar diretamente com os fabricantes, mas por meio de parcerias não exclusivas.

“Nós não estamos à venda. O que pretendemos é habilitar toda a indústria, o que não seríamos capazes de fazer se fossemos controlados por um deles", disse Anderson ao site The Verge.”

Ao que parece, não preocupa Johann Jungwirth, diretor de tecnologia digital do Grupo VW: “Não é apenas a equipe de fundadores, mas o time que conseguiram contratar e os talentos que estão atraindo. São os melhores do mundo na especialidade. O progresso, em tão curto período de tempo, é simplesmente incrível.”

EVOLUÇÃO RÁPIDA



Apesar de o Grupo VW já ter um programa avançado de tecnologia semiautônoma, Jungwirth acredita que a parceria vai acelerar os modelos autônomos da empresa. “Enquanto cuidamos do programa de semiautônomos, acho ótimo ter a equipe da AI trabalhando apenas nos sistemas de nível 4 e 5, porque estes representarão a conquista da autonomia completa”, afirmou.

Conforme a SAE – Society of Automotive Engineers, no nível 4 o carro pode controlar totalmente uma viagem dentro de área geográfica específica. No nível 5, a autonomia é completa em todos os lugares, sem necessidade de volante e pedais no veículo. A parceria com o grupo alemão (maior conglomerado automobilístico do mundo em produção) está atualmente à frente da Hyundai. A startup passou os últimos 12 meses trabalhando com engenheiros da VW, sendo os últimos seis meses integrando softwares e sensores.

Os dois grandes grupos automobilísticos planejam comercializar veículos autônomos com a tecnologia da AI até 2021 e começarão a testar protótipos no final deste ano. O sul-coreano vai aplicá-la em um SUV elétrico com pilha de combustível a hidrogênio, enquanto o alemão ainda não definiu que modelos usará nos protótipos.



Tags: Aurora Innovations, VW, Hyundai, Volkswagen, Carro autônomo.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência