Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Ipiranga e Chevron criam joint venture Iconic

Indústria | 23/01/2018 | 18h58

Ipiranga e Chevron criam joint venture Iconic

Nova empresa nasce como líder do mercado brasileiro de lubrificantes

MÁRIO CURCIO, AB

As produtoras de lubrificantes Ipiranga e Chevron (Texaco) anunciaram o nome de sua joint venture: Iconic. A nova empresa nasce como líder de mercado. São 24% de participação na venda de óleos e graxas, à frente até mesmo da Petrobrás, que detém 22,6%, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

“Estamos falando em um faturamento anual de cerca R$ 2 bilhões, isso antes da formação da nova Iconic. Com ela cria-se uma empresa maior, que produz cerca de 340 milhões de litros de lubrificante por ano em três plantas”, afirma o diretor-presidente da Iconic, Leonardo Linden. Daqueles 24% de mercado, 15% são de lubrificantes Ipiranga. Os 9% restantes vêm da linha Texaco.

Linden admite a intenção de ampliar essa participação, mas não diz quanto, apenas como: “Não podemos revelar esses dados, mas haverá investimentos em linhas de produção e na distribuição. A Iconic será melhor do que a simples soma das duas empresas. Já num primeiro momento teremos um importante ganho em distribuição, capilaridade e escala produtiva”, garante o executivo. Vale ressaltar que os produtos com as marcas Ipiranga e Texaco serão mantidos. Não haverá itens vendidos com a marca Iconic.

O acordo para a formação da joint venture foi comunicado ao mercado em agosto de 2016 e aprovado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em fevereiro de 2017. A nova empresa começou a operar no fim do ano passado e já existe o compartilhamento de linhas de produção, como no caso da planta da Ipiranga no bairro de São Cristóvão, no Rio de Janeiro, que já produz itens Texaco.

As outras duas unidades da Iconic eram Chevron. Uma delas também está no Rio de Janeiro, em Caxias, e a outra em Osasco, na grande São Paulo, dedicada à produção de graxas e líquidos de arrefecimento. Ao todo são 700 funcionários.

“Todos os nossos lubrificantes são feitos no Brasil e já exportamos nossos produtos para Bolívia, Paraguai e Uruguai”, diz Linden. A estrutura da Iconic reúne 50 distribuidores e atende a 115 mil clientes. Um importante canal de venda são os mais de 7,8 mil postos Ipiranga, que atualmente só revendem itens Ipiranga, mas no futuro também poderão oferecer lubrificantes Texaco.

Linden também admite o desejo de ampliar o fornecimento direto às montadoras. “Somos o maior importador de óleo básico do grupo 3, destinado à produção de lubrificantes premium. Essa linha é cada vez mais importante porque os motores modernos exigem”, recorda.

O nome Iconic foi criado a partir da junção das palavras Interação, CONjunto, Ipiranga e Chevron.



Tags: Ipiranga, Chevron, Texaco, Iconic, ANP, Leonardo Linden, Petrobrás.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência