Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 18/01/2018 | 19h11

Grupo VW bate recorde de vendas em 2017

Companhia atinge volume de 10,7 milhões de veículos em todo o mundo

REDAÇÃO AB

O Grupo VW encerrou 2017 com novo recorde de vendas ao superar o volume de 10,7 milhões de veículos em todo o mundo. O resultado representou aumento de 4,3% no comparativo com o resultado do ano anterior, que era o recorde até então e quando a companhia entregou 10,2 milhões de unidades.

“O recorde de vendas é, acima de tudo, atribuível a um forte desempenho em equipe por todas as marcas e funcionários do grupo. Agradecemos aos nossos clientes a confiança que esses números refletem. Continuaremos a fazer tudo o que pudermos em 2018 para atender e superar as expectativas de nossos clientes em todo o mundo”, declarou em nota o CEO do Grupo VW, Matthias Müller.

De forma isolada, a marca Volkswagen também registrou recorde em 2017, com mais de 6,2 milhões de unidades entregues em todo o mundo. “Estamos encantados com a forte demanda por nossos veículos e com o impulso positivo da marca nos últimos meses”, disse o membro do conselho e responsável por vendas e marketing da marca, Jürgen Stackmann. “Gostaria de agradecer aos nossos clientes por depositarem sua confiança em nós, e aos nossos parceiros do varejo pelo excelente trabalho. Estou especialmente contente por ver que a entrada de encomendas de veículos elétricos na Alemanha e Europa triplicaram, comparadas com as de 2016. Vamos acelerar ainda mais o ritmo de nossa ofensiva de modelos em 2018”, completou.

A empresa que também reúne as marcas Audi, Porsche, Seat e Skoda, além dos veículos comerciais, com VWCO, Scania e MAN, registrou aumento dos negócios em todas as principais regiões, com destaque para a América do Sul, cujas vendas avançaram mais de 23%, com 521,6 mil unidades, das quais 308 mil foram entregues no Brasil, onde houve alta de 19,5%.

Os Estados Unidos também impulsionaram as vendas do grupo para a América do Norte, onde os negócios se elevaram em 4%, para pouco mais de 976,4 mil veículos. Na Europa, onde a companhia registra alta de 3,3% no ano, as vendas ficaram no azul graças às regiões oriental e central, uma vez que a Europa Ocidental registrou pequena demanda, puxada pela Alemanha, onde as entregas do grupo fecharam o ano em queda de 0,4%.

Por sua vez, a região da Ásia-Pacífico teve bons resultados, com incremento de 4,3%, ao consumir mais de 4,5 milhões de veículos do grupo. Deste total, 4,1 milhões ficaram na China, o maior mercado automotivo do mundo – também da Volkswagen – cujos licenciamentos ficaram 5,1% acima do registrado no ano anterior.



Tags: Vendas, Volkswagen, Grupo VW.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência