Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 17/01/2018 | 17h21

Mercedes lidera mercado premium global em 2017

Marca chega a 2,28 milhões de unidades; BMW é vice-líder, com 2,08 milhões
REDAÇÃO AB

A Mercedes-Benz liderou o mercado global de veículos premium em 2017, com 200 mil unidades a mais do que a BMW, que ficou na segunda posição. No total, a marca do Grupo Daimler emplacou 2,28 milhões de veículos em todo o mundo, representando crescimento de 9,9% sobre o volume do ano anterior.

No caso da BMW, as vendas de 2017 fecharam em 2,08 milhões, um aumento de 4,2% na comparação com o resultado de 2016. Em ambos estão considerados apenas as vendas por marca. Entretanto, quando há soma de vendas por grupos, a BMW reverte o cenário: o grupo, que também agrega as marcas Mini e Rolls Royce, terminou o ano com volume recorde de 2,46 milhões de veículos vendidos, alta de 4,1% no comparativo anual, e com isto mantém na liderança do mercado premium global.

Já para o Grupo Daimler, que reúne as marcas Mercedes-Benz e Smart, as vendas totais de 2017 ficaram em 2,42 milhões, alta de 8,8% sobre 2016. O resultado não foi melhor devido à queda de 6,5% dos negócios da Smart, cujo volume não passou de 135 mil. Ainda considerando o resultado do grupo, 2017 encerrou como o sétimo consecutivo de quebra de recordes, uma vez que o atual patamar de vendas é o maior já registrado na história da empresa.

O novo membro do conselho administrativo do Grupo BMW e diretor global de vendas da marca, Pieter Nota, que assumiu o cargo em 1º de janeiro, comemorou: “Estou confiante de que as vendas da BMW continuarão a crescer em 2018, enquanto também seguimos com nosso foco na rentabilidade. O aumento da oferta de modelos e da nossa ofensiva de lançamentos garantirão que ainda mais clientes venham para as marcas do grupo em 2018”.

O presidente do Grupo Daimler, Dieter Zetsche, também destacou o desempenho da companhia: “Superamos nossas vendas pela sétima vez consecutiva. Com a Mercedes-Benz, nossa marca principal, nós fomos a marca premium mais vendida mais uma vez em 2017. Podemos nos orgulhar dessa conquista - e vamos construir sobre ela. O sucesso em nosso core business fornece a base para que possamos moldar ativamente a mobilidade do futuro. Em 2018, continuaremos sistematicamente por esse caminho com CASE [iniciais para Conectado, Autônomo, Compartilhado, Elétrico; novo plano estratégico do grupo]”.

Na terceira posição global do mercado de veículos de luxo está a Audi, que em 2017 emplacou pouco mais de 1,8 milhão de unidades, que embora tenha registrado leve crescimento de 0,6%, foi o oitavo ano consecutivo de alta.

“Apesar de uma situação muito desafiadora, tivemos em 2017 um crescimento positivo em todos os principais mercados e alcançamos resultado recorde de vendas em todo o mundo. Todos os mercados contribuíram para esse desempenho”, disse o membro do conselho de administração da Audi para vendas e marketing, Bram Schot.

Tags: Mercedes-Benz, BMW, Audi, vendas, premium, ranking.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
AB Inteligência