Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 12/01/2018 | 20h00

Renault e Brilliance Jinbei vão fazer utilitários

Projeto prevê produzir 150 mil veículos/ano de três marcas

REDAÇÃO AB

Os grupos Renault e Brilliance Jinbei fecharam acordo para montar uma joint venture na China diferente dos padrões usados até agora em associações de fabricantes estrangeiros de veículos com corporações chinesas. A Renault Brilliance Jinbei Automotive Co, como é chamada a nova empresa, irá fabricar modelos comerciais leves de três marcas, Renault, Jinbei e Huasong, com o objetivo de vender 150 mil unidades por ano até 2022.

Até agora, fabricantes de fora da China se uniram a empresas locais para fabricar modelos de marcas internacionais e vendê-los exclusivamente no mercado chinês. Agora, pela primeira vez na indústria automobilística chinesa, a mesma joint venture vai projetar e produzir veículos de marcas estrangeiras e chinesas, desenvolvendo uma plataforma de padrão internacional de utilitários, como furgões, vans e caminhonetes. Pelo acordo, a cooperação entre os dois grupos envolve desenvolvimento e compartilhamento de tecnologias. A Brilliance poderá aproveitar as plataformas e conceitos de gestão da Renault e realizar transformações e atualizações próprias.

Segundo a Brilliance, a associação com a Renault faz parte da estratégia para aumentar a presença da fabricante chinesa em mercados estrangeiros com suas marcas próprias. A empresa adotou um plano de internacionalização que já cobre mais de 100 países com quase 400 concessionárias nas regiões Ásia-Pacífico, África, América do Sul e Central.



Tags: Renault, Brilliance, Jinbei, China, indústria, joint venture.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência