Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 12/12/2017 | 20h2

Nissan assume todas as operações comerciais no Peru

Será a quarta subsidiária da fabricante na América Latina

REDAÇÃO AB

Em janeiro próximo será inaugurada no Peru a quarta subsidiária da Nissan América Latina, divisão da fabricante japonesa que tem sede no México e operações já estabelecidas no Brasil, na Argentina e no Chile. A Nissan vai assumir no mercado peruano as operações de importação, administrativas e de relacionamento comercial, funções que até este ano estavam sob a responsabilidade da Maquinarias, empresa que representou a marca no país andino nas últimas seis décadas e continuará a fazer parte da rede de distribuidores, junto com outros concessionários independentes.

Desde a criação da Nissan América Latina, em 2014, a empresa vem fazendo investimentos para aumentar sua presença nos 38 países sob o guarda-chuva da divisão. No Peru a intenção é aproveitar alto potencial do mercado automotivo, com expansão projetada de 24% nos próximos cinco anos. O país tem 31,5 milhões de habitantes e o mais baixo índice de motorização da região, com 12,3 pessoas por veículo. A economia peruana apresentou taxas positivas de crescimento nos últimos 18 anos, o PIB registra avanço anual médio de 5,9% entre 2011 e 2015 (o dobro da América Latina), para este ano é esperado aumento de 3,5% nas vendas de veículos leves e a Nissan estima que vai crescer 9% no ano fiscal terminado em março próximo.

“Com mais de 45 marcas automotivas, o Peru representa um mercado muito importante e com alto potencial para a Nissan. Trata-se de um dos países com maior crescimento em vendas, superando a média da América Latina”, disse José Luis Valls, chairman da Nissan América Latina. A empresa já trabalha na formação da subsidiária peruana, com a transferência das operações da Maquinarias, recrutamento de pessoal e criação de infraestrutura operacional. Rubén Quintana é o novo diretor geral da Nissan Peru, que se reporta a Guy Rodríguez, vice-presidente de vendas e marketing da divisão latino-americana.

Entre os maiores investimentos na região, a Nissan destaca a fábrica de Resende (RJ), inaugurada em 2014, e a linha de picapes em Córdoba, Argentina, que começará a produzir em 2018. O portfólio de modelos da marca japonesa nos países latino-americanos também segue em expansão com lançamentos como o do crossover Kicks, da picape Frontier e dos SUVs Qashqai e X-Trail.

Tags: Nissan, Peru, subsidiária, América Latina.


Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência