NOTÍCIAS
24/11/2017 | 17h06

Indústria

ZF completa 500 mil eixos produzidos no Brasil

Operação em Sorocaba começou em 1985 para atender o setor agrícola


REDAÇÃO AB

Aos 32 anos produzindo no Brasil a partir de sua fábrica localizada em Sorocaba (SP), a ZF completou neste mês o volume de 500 mil eixos feitos em solo nacional. O primeiro foi um APL350, eixo de 130 cv para equipar máquinas da Massey Ferguson. Atualmente, a empresa fornece para as principais montadoras instaladas no País.

Em 1985, ano em que a ZF começou a fabricar seus eixos no Brasil, a média mensal de produção alcançada foi de 148 unidades. A empresa já produzia itens para o segmento agrícola na década anterior, mas dois motivos deram outro rumo a essa trajetória: o primeiro foi a expansão e modernização da cultura canavieira para atender às necessidades do Proálcool e o segundo foi a expansão da fronteira agrícola pelos cerrados, tomados por gigantescas culturas de soja e cereais.

Esse movimento impôs à agricultura uma mudança radical de equipamentos utilizados até então. Com as novas áreas de cultivo, o setor demandou máquinas maiores e mais potentes, diferentes das utilizadas anteriormente, de 76 HP em média, que operavam nos campos brasileiros antes dos anos 1980 e não precisavam de mais que a tração traseira, suficiente para o implemento que puxavam. A partir deste cenário, a tração em apenas duas rodas já não bastava: um trator grande que não fosse 4x4 não teria a tração necessária para arrastar implementos maiores e executar operações mais pesadas nos canaviais e plantações de soja.

Neste contexto nasceu a importância do eixo tracionado dianteiro. Em 1985, no mesmo mês em que se inaugurara a segunda ala da planta de Sorocaba, a empresa apresentou os eixos da família APL, que possibilitaram a produção local de máquinas agrícolas de maior potência e revolucionaram a produtividade dos tratores rurais brasileiros.

“Ao longo desses 32 anos, a ZF sempre mobilizou seus esforços em desenvolver tecnologias específicas para aplicações locais”, comenta o diretor de vendas da ZF América do Sul, Silvio Furtado.

Hoje, o portfólio conta com eixos tanto da área agrícola como para a construção civil. Em Sorocaba são produzidos desde eixos dianteiros para tratores e máquinas agrícolas com potências de 75 a 240 cavalos até eixos dianteiros e traseiros para retroescavadeiras do segmento de construção que atende Brasil e mercados vizinhos.

Comentários: 1
 

José Aparecido dos Santos
30/11/2017 | 12h26
Trabalhei 10 anos na Linha APL da ZF do Brasil Planta 1 Sorocaba/SP, só acho que deveriam melhorar o processo de trabalho dessa linha pois ela é a número um dos casos de lesionados da área de montagem da empresa. Ao invés de comemorarem 500 mil eixos deveriam refletir nos funcionários que se lesionaram em busca do seu sustento sofrendo abusos morais da chefia arbitrária e desqualificada tecnicamente, vários amigos lesionados foram humilhados e destratados consequentemente desligados erradamente numa atitude contra a lei do trabalho. A gestão atual dessa empresa é degradante não seguem um plano de carreira como deveriam, ao contrario criam sistemas de ilusão aos funcionários trocam um colaborador com tempo de empresa por um jovem ajudante deslumbrado com o nome da empresa "ZF". Meu desabafo não mudara nada eu sei ..... mas acho essa mascara deve cair e as pessoas de fora terem o direito de saber da verdade dessa grande empresa de Sorocaba/SP e infelizmente com uma realidade escondida.

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:


QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 13/12/2017
Requisitos de segurança têm de se adequar à realidade local de mercado

Esta coluna é apoiada por:

Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
AUTOINFORME | 07/12/2017
Aumenta pressão por manter mercado protegido dos importados
INOVAÇÃO | 25/10/2017
Indústria precisa questionar qual será o seu papel no futuro
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
DE CARRO POR AÍ | 08/12/2017
Programa de desenvolvimento do setor insiste em protecionismo
QUALIDADE | 01/12/2017
Envolver e motivar colaboradores é essencial para gerar bons resultados
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018