Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Jaguar traz E-Pace com preço inicial de R$ 222.300
E-Pace virá da Áustria com motores 2.0 turbo e câmbio automático de 9 marchas

Lançamentos | 22/11/2017 | 19h53

Jaguar traz E-Pace com preço inicial de R$ 222.300

Empresa começa a vender já, mas vai entregar somente a partir de abril

MÁRIO CURCIO, AB

A Jaguar Land Rover revelou os preços e começa a aceitar pedidos para o E-Pace, novo utilitário esportivo da fabricante inglesa. O carro vem para concorrer com modelos como Audi Q5, BMW X3 e Volvo XC60. Com valores entre R$ 222.300 e R$ 278.080, o lançamento terá quatro versões, todas equipadas com motor 2.0 turbo que produz 249 ou 300 cavalos. A transmissão é automática de nove marchas e a tração, nas quatro rodas.

“Será o nosso modelo mais vendido”, aposta o presidente da companhia para a América Latina, Frederic Drouin. Num ano cheio isso pode significar ao menos 800 unidades, uma vez que o F-Pace, atualmente o Jaguar número 1 em vendas, fechará 2017 com cerca de 750 unidades no Brasil. E olhe que seus preços começam acima dos R$ 300 mil. O E-Pace deve atrair tanto os clientes de outras marcas premium como também de montadoras com maior volume de vendas”, estima o gerente de produto e preço, Vinícius Frata.

O E-Pace para o Brasil virá da Áustria. É o primeiro veículo a ser produzido a partir do acordo entre a Jaguar Land Rover e a Magna Steyr, unidade operacional da Magna Inc., na Áustria. Lá também será feito o elétrico I-Pace. O E-Pace também será montado em Changshu, na China, por uma joint-venture entre a Chery e a Jaguar Land Rover, mas para atender apenas à demanda local.

Drouin descarta sua montagem na fábrica de Itatiaia (RJ) e afirma que a unidade continuará fabricando o Range Rover Evoque e o Land Rover Discovery Sport.

Num primeiro momento o E-Pace virá em quatro versões. A mais em conta, P250, traz de série monitor de fadiga, assistente de permanência na faixa de rodagem, câmera de ré, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros e central multimídia com tela de dez polegadas sensível ao toque, entre outros itens.

Parecida com essa versão, a First Edition P250 terá entre os equipamentos extras um teto panorâmico fixo. O preço sugerido é de R$ 246.750 e serão importadas somente 45 unidades.

A intermediária R-Dynamic P250 tem tabela de R$ 275.900 e traz como destaques navegador GPS, sistema park assist (capaz de estacionar o carro em diferentes vagas) e bancos dianteiros com ajustes elétricos.

A topo de linha R-Dynamic P300 é a única com 300 cavalos. Seu pacote de equipamentos inclui também tecnologias autônomas como controle de cruzeiro adaptativo (ACC) com assistente para congestionamento, frenagem de emergência, sistema de som Meridian com 380 watts e saída de escape dupla.

“Acreditamos que a versão intermediária (R-Dynamic P250) responderá por 50% das vendas. O carro de entrada (P250) terá 30% do mix e o topo de linha, os 20% restantes. Não consideramos a First Edition pelo baixo volume”, afirma o diretor de marketing e produto, Gabriel Patini.

As três versões com motor de 249 cavalos aceleram de zero a 100 km/h em 7 segundos e atingem 230 km/h de velocidade máxima. E a R-Dynamic P300 faz zero a 100 km/h em 6,4 s e alcança os 243 km/h. O E-Pace mede 4,39 metros, 34 cm a menos que o F-Pace.

JAGUAR CRESCE, LAND ROVER DESCE

De janeiro a outubro de 2017 a marca Jaguar registrou mais de mil unidades emplacadas e cresceu 68,8% sobre os mesmos meses do ano passado. Essa alta ocorreu porque as entregas do modelo mais vendido, o F-Pace, só começaram no segundo semestre de 2016.

No entanto, os emplacamentos de Land Rover em 2017 até outubro somaram 5,2 mil carros, 12% a menos que em iguais meses do ano passado. Considerando os acumulados das duas marcas este ano (6,2 mil unidades), a queda ante os dez meses do ano passado é de 4,8%, alinhada ao segmento premium.

“Os três primeiros meses deste ano foram muito ruins”, recorda Drouin, que prefere não divulgar projeções para 2018. “A economia dá sinais positivos e vamos crescer no ano que vem, mas é complicado estabelecer números com o atual cenário político e em ano de eleições.”

REDE TERÁ PEQUENA EXPANSÃO

A rede Jaguar Land Rover está em 20 Estados e tem 39 pontos de venda. “Abriremos em março uma nova concessionária no Rio de Janeiro (RJ), no bairro de Botafogo, e outra em maio em Belém (PA). Queremos ampliar ainda mais, mas é preciso ver como o mercado vai reagir em 2018”, diz Drouin.



Tags: Jaguar, Jaguar Land Rover, Frédéric Drouin, Vinícius Frata, Gabriel Patini, E-Pace, F-Pace.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência