NOTÍCIAS
14/11/2017 | 19h00

Balanço

Lucro da Tupy dá salto com recuperação do setor automotivo

Empresa observa alta no fornecimento de autopeças fundidas


REDAÇÃO AB

A Tupy, maior fornecedora de componentes fundidos do setor automotivo nacional, no terceiro trimestre do ano registrou alta de 19,4% no volume físico de entregas (141,7 mil toneladas) em relação ao realizado no mesmo período de 2016, alavancando lucro e receita da empresa. O fornecimento de produtos para veículos comerciais e máquinas agrícolas, de construção foi responsável pelo resultado positivo, com aumento de 16,5% das compras no mercado interno e de 19,5% nos volumes destinados ao exterior. Com isso, o lucro líquido trimestral da companhia deu salto de 749%, para R$ 76,4 milhões, ante R$ 9 milhões nos mesmos três meses do ano passado.

Segundo informa a companhia, as vendas de componentes para veículos no país confirmam a expectativa do segundo semestre e permanecem animadoras em relação a 2016. As receitas do fornecimento de componentes para carros de passeio avançaram 6,4% em relação ao ano anterior e, para veículos comerciais, tiveram alta de 55,5%. O setor de máquinas agrícolas e de construção segue a tendência, com crescimento de 34,2% em faturamento, em razão do forte volume de clientes da Tupy nesse segmento e da oferta de novos produtos.

O resultado do terceiro trimestre comprova a força da Tupy como no mercado global de fundidos. No período, 80,8% do faturamento vieram do exterior, de exportações ou a partir das plantas do México, e apenas 19,2% das receitas foram obtidas no Brasil. Na divisão por continentes, 62% das vendas foram na América do Norte, 20,1% na América do Sul e Central e 11% da Europa. Os 6,9% restantes foram na Ásia, África e Oceania.

“Nossa receita total no período, de R$ 962,6 milhões, aumentou 26,2% em relação ao terceiro trimestre de 2016. O resultado é reflexo de todo o trabalho da companhia no sentido de diversificação de segmentos e mercados, bem como no desenvolvimento de produtos e serviços que agregam valor aos nossos clientes”, afirmou em comunicado Thiago Struminski, vice-presidente de finanças e administração da Tupy. O executivo destacou também o forte crescimento das margens brutas e EBITDA ajustado (lucro antes de pagamento de juros, impostos e depreciação de ativos, na sigla em inglês), que atingiram 19,2% e 17%, respectivamente, resultante de diversas ações de melhoria de processos produtivos e controle de custos.

Este mês a companhia distribuirá juros sobre capital próprio no valor de R$ 50 milhões. O valor, em conjunto com o montante distribuído nos primeiros nove meses do ano, perfaz R$ 150 milhões, correspondente a uma taxa de dividendos de 6,6% (considerando a cotação de fechamento de cada trimestre).

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 22/11/2017
Frota brasileira de 42 milhões exige controle apropriado

Esta coluna é apoiada por:

Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
AUTOINFORME | 09/11/2017
Luguez firmou parceria com o governo de Ohio
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
DE CARRO POR AÍ | 17/11/2017
Chineses entregam operação brasileira à administração dos brasileiros
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
INOVAÇÃO | 25/10/2017
Indústria precisa questionar qual será o seu papel no futuro
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade