Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Venda de importados cai 20% no acumulado do ano
T40 vem ajudando nas vendas da JAC Motors

Balanço | 06/11/2017 | 16h30

Venda de importados cai 20% no acumulado do ano

Abeifa espera o fim do Inovar-Auto para chegar a 40 mil veículos

REDAÇÃO AB

A venda de veículos importados no acumulado de janeiro a outubro somou 23,8 mil unidades, registrando queda de 20,3% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram emplacados quase 30 mil veículos desse segmento.

Os números foram informados pela Abeifa, entidade que reúne importadores e parte dos fabricantes locais. Olhando outubro isoladamente, quando foram licenciadas 2,6 mil unidades, o mês registrou alta de 9,8% sobre setembro.

Com a aproximação do fim do ano, o presidente da Abeifa, José Luiz Gandini, volta a lamentar o desdobramento do programa Inovar-Auto para os associados. “Chegamos ao auge de 199 mil veículos licenciados em 2011, caímos para 35 mil no ano passado e nossa previsão é fechar 2017 com 27 mil unidades.”

- Veja aqui o desempenho das associadas
- Veja aqui outros dados da Abeifa
-Veja outras estatísticas em AB Inteligência

Gandini espera agora o fim da cota máxima de 4,8 mil unidades por associado e dos 30 pontos porcentuais extras de IPI cobrados de cada veículo que excedia essa cota. Com as mudanças o executivo estima 40 mil unidades, o que resultaria em alta de 48,1% sobre o ano atual.

PARTICIPAÇÃO DAS ASSOCIADAS

Em outubro, com o emplacamento de 4,4 mil unidades, as associadas alcançaram participação de 2,3% do mercado total de automóveis e comerciais leves. No acumulado do ano, com 38,7 mil veículos emplacados, a participação é semelhante, 2,2%.

Se for considerado o total de veículos importados, com a inclusão daqueles trazidos também pelas montadoras (20,5 mil veículos no total), o market share dos importados chega a 12,3%.

O minicaminhão Kia Bongo teve em outubro seu melhor desempenho neste ano: 189 unidades. Por ser um utilitário, faz acreditar que a economia começa mesmo a reagir. A JAC Motors teve desempenho razoável em outubro com a venda de 298 unidades. Seu novo SUV T40 vem contribuindo com a marca e anotou 167 unidades emplacadas no mês, o melhor para o modelo até agora. Outubro também foi o melhor mês do ano para outro SUV, o Lifan X60, que anotou 255 emplacamentos.

DESEMPENHO DE MODELOS COM PRODUÇÃO LOCAL

Entre as associadas à Abeifa que também têm produção nacional, BMW, Chery, Land Rover, Mini e Suzuki fecharam o mês de outubro com 1,8 mil emplacamentos, que representaram alta de 8,8% sobre setembro. No acumulado do ano, as associadas totalizaram 14,9 mil unidades emplacadas, anotando alta de 53,6%. A greve que afetou a Chery durante todo o mês de outubro prejudicou as vendas do QQ. O modelo vinha registrando média acima de 450 emplacamentos nos meses mais recentes e recuou para 325 carros em outubro.



Tags: Abeifa, José Luiz Gandini, Kia, Bongo, BMW, Chery, Land Rover, Mini, Suzuki.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência