NOTÍCIAS
27/10/2017 | 19h37

Mercado

Renault Kwid deve superar VW Up! em 2018

Novato tende a manter média próxima a 3 mil carros/mês no ano que vem


MÁRIO CURCIO, AB

Até a quinta-feira, 26, as vendas do Renault Kwid em outubro mostravam o potencial do carrinho diante dos principais concorrentes. A três dias úteis do fim do mês, o novo modelo registrava quase 3,2 mil unidades lacradas, atrás do Fiat Mobi, principal oponente, com 4,4 mil unidades. Já o Volkswagen Up! estava bem abaixo do Kwid, com pouco menos de 2 mil unidades.

Considerando o fator novidade e as campanhas publicitárias, que devem turbinar suas vendas pelo menos até o fim de 2017, o Kwid tende a manter médias mensais próximas ou superiores a 3,5 mil carros emplacados pelo menos até dezembro, caindo para cerca de 3 mil a partir de janeiro.

Se essa tendência se confirmar, o Kwid permanecerá no segundo lugar entre os concorrentes diretos, atrás do Mobi e à frente do Up!. E os números parciais de outubro do líder do mercado brasileiro (Chevrolet Onix, 15,2 mil) e do vice-líder (Hyundai HB20, 7,5 mil) mostram que o Kwid não brigará pela ponta da tabela e é provável que também não entre os dez automóveis mais vendidos no Brasil.

NOS SUVS, COMPASS DEVE TOMAR A PONTA

Também até a quinta-feira, 26, o Jeep Compass estava a apenas três unidades da liderança do segmento de utilitários esportivos no Brasil. Registrava 38.562 unidades no acumulado do ano, ante 38.564 do Honda HR-V. E como as vendas do Jeep em outubro superavam as do Honda em quase 400 unidades, tudo indica que ele tomará a ponta no fechamento do mês.

A disputa apertada pelo primeiro, terceiro e quinto lugares entre os SUVs já chamava a atenção um mês atrás (veja aqui) e mostra a disposição dos fabricantes nesse segmento.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 22/11/2017
Frota brasileira de 42 milhões exige controle apropriado

Esta coluna é apoiada por:

Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
AUTOINFORME | 09/11/2017
Luguez firmou parceria com o governo de Ohio
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
DE CARRO POR AÍ | 17/11/2017
Chineses entregam operação brasileira à administração dos brasileiros
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
INOVAÇÃO | 25/10/2017
Indústria precisa questionar qual será o seu papel no futuro
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade