Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Indústria | 09/10/2017 | 19h44

Exportações da Mercedes-Benz crescem 26% em 2017

Vendas externas de caminhões avançam 43%; e 8,5% para ônibus

REDAÇÃO AB

As exportações de caminhões e ônibus da Mercedes-Benz do Brasil este ano estão próximas do nível mais alto desta década. De janeiro a setembro as vendas externas de veículos comerciais da montadora já cresceram quase 26% na comparação com o mesmo período de 2016, com 11,1 mil unidades embarcadas para cerca de 60 países. A expansão mais expressiva é de caminhões, com avanço de 43%, com 6,4 mil unidades exportadas em nove meses. No mesmo intervalo foram vendidos 4,7 mil ônibus ao exterior, incremento de 8,5% sobre o ano passado.

Há três anos as vendas externas da montadora assumiram curva de crescimento, com maior aceleração este ano. “Alguns dos nossos principais mercados na América Latina estão crescendo e isso vem ajudando as exportações”, explica Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO para América Latina.

Um dos mercados com maior crescimento porcentual no segmento de ônibus foi o Equador, que este ano irá comprar 308 chassis Mercedes-Benz feitos no Brasil, dos quais 170 já foram entregues. Para se ter uma ideia do tamanho da expansão dos negócios no mercado equatoriano, no mesmo período do ano passado apenas 10 unidades da marca tinham sido embarcadas para lá. Dos 308 veículos exportados ao Equador, 71 são modelos rodoviários de turismo e 237 são urbanos para operar no sistema de transporte público de Quito, Guayaquil e Cuenca.



Tags: Mercedes-Benz do Brasil, exportação, vendas externas, indústria, caminhões e ônibus, veículos comerciais.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência