Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Usados: vendas poderiam ser maiores

Mercado | 03/10/2017 | 17h22

Usados: vendas poderiam ser maiores

Escassez da oferta de veículos seminovos limita o mercado, aponta Fenabrave

REDAÇÃO AB

Um dos setores que não viu a face da crise neste ano foi o mercado de veículos usados, que segue com desempenho positivo. Entre janeiro e setembro, o volume de vendas cresceu 8,41% sobre resultado do mesmo acumulado do ano passado, segundo dados divulgados na terça-feira, 3, pela Fenabrave, federação que reúne as concessionárias. O total passou de 7,32 milhões para 7,93 milhões, considerando apenas o segmento de automóveis e comerciais leves. Embora as revendas tenham o que comemorar, a entidade aponta que o resultado poderia ser melhor.

“O mercado de usados continua aquecido e favorecido pelas operações de 'troca com troco', mas as transações poderiam ser até maiores não fosse a escassez de oferta de veículos seminovos”, afirma o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior.

- Veja aqui os dados de usados da Fenabrave
- Veja aqui outros dados de emplacamentos
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência

Até setembro, o total de automóveis que trocou de dono foi de 6,86 milhões, alta de 8,75% sobre mesmo período de 2016. Comerciais leves cresceram 6,31%, para 1,07 milhão.

Nos pesados, o desempenho também segue positivo: 256,4 mil caminhões foram transferidos no período de nove meses, aumento de 3,87%, enquanto ônibus tiveram incremento de 23,33%, com quase 37 mil.

Com a soma de todos os segmentos, há um aumento de 8,32% nas transações, considerando a mesma base de comparação anual. Neste ano, o volume já ultrapassa 8,23 milhão de unidades, entre automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus: há um ano, este total era de 7,59 milhões.

De acordo com a Fenabrave, a proporção de vendas está em 4,6 usados para cada veículo leve novo vendido no mesmo período. Nos pesados, foram vendidos 5,7 usados para cada caminhão ou ônibus novo emplacado.

Já no comparativo mensal, de setembro contra agosto, houve queda generalizada para todos os segmentos, uma vez que setembro teve 3 dias úteis a menos (20 contra 23). No entanto, ao comparar os resultados com setembro de 2016, há aumento em todos eles.



Tags: Usados, vendas, transferências, Fenabrave, Alarico Assumpção.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência