Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Carreira | 25/09/2017 | 20h45

Banco Mercedes-Benz tem novo presidente

Christian Schüler sucede a Bernd Barth, que vai liderar operação na Europa

REDAÇÃO AB

O Banco Mercedes-Benz anuncia Christian Schüler como seu novo presidente no Brasil, que está sucedendo Bernd Barth, no cargo há quase seis anos e que foi designado pela Daimler Financial Services para liderar as operações na Europa, que considera os mercados da Bélgica, Dinamarca, Holanda, Itália, Luxemburgo, Portugal, Suécia, Suíça e Turquia.

De origem alemã, Schüler é formado em Administração de Empresas na Academia de Cooperação Educativa de Berlim. Acumula 21 anos no mercado financeiro, todos dedicado ao grupo Daimler Financial Services, onde entrou em 1996. Suas duas últimas funções foram a de presidente e CEO na Argentina, entre 2010 e 2014, e na Rússia, de 2014 até aceitar o convite de vir para o Brasil.

Entre suas novas atribuições, Schüler vai se dedicar para tornar o banco uma plataforma cada vez mais focada no ambiente digital: “Temos uma área totalmente dedicada à busca de soluções digitais, pois sabemos que as pessoas têm estado cada vez mais conectadas, seja por meio do desktop, notebook, tablet ou smartphone. Nosso objetivo é facilitar a vida dos nossos clientes, tornando a comunicação com o banco e a contratação de produtos e serviços mais rápida e eficiente”, afirma.

O executivo destaca ainda que a estratégia também será a de focar ainda mais suas ações na oferta de produtos sob medida, que atendam às necessidades de cada cliente, do proprietário de um automóvel Mercedes-Benz aos grandes frotistas de caminhões e ônibus.



Tags: Banco Mercedes, presidente, Christian Schüler, Bernd Barth.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência