Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Ford realinha preços do Ka hatch 1.0 e 1.5

Mercado | 05/09/2017 | 12h10

Ford realinha preços do Ka hatch 1.0 e 1.5

Versão de entrada sobe R$ 490 e a topo de linha SEL baixa R$ 1 mil

REDAÇÃO AB

A Ford subiu os preços da versão de entrada e baixou os valores das opções mais equipadas do Ka hatch. Com a mudança o SE 1.0 custa agora R$ 44.780, um aumento de R$ 490. A intermediária SE Plus 1.0 baixou R$ 600 e é vendida por R$ 46.290. A SEL 1.0 teve a maior redução, de R$ 1 mil, e foi tabelada em 50.090.

As mesmas variações foram aplicadas na linha 1.5. O SE passou a R$ 49.090, o SE Plus, a R$ 50.590 e o SEL, a R$ 54.390. As versões Trail mantiveram os valores para os dois motores: R$ 48.180 no 1.0 e R$ 52.490 no 1.5.

Desde a versão 1.0 mais acessível o Ka é equipado de série com ar-condicionado, direção elétrica, som com comandos de voz e conexão Bluetooth, compartimento para celular no painel com entrada USB para carregamento, travas e vidros elétricos dianteiros.

A versão 1.0 mais completa recebe controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, retrovisores elétricos e rodas de liga leve de 15 polegadas.

O motor 1.0 tem três cilindros e é o mais potente entre os concorrentes sem turbo. Produz 85 cavalos com etanol. Seu motor 1.5 tem quatro cilindros e fornece até 110 cv.

O Ford Ka é o terceiro carro mais vendido do Brasil desde 2016 e em 2017 teve média mensal de 7,4 mil unidades, acima das 6,4 mil registradas no ano passado.



Tags: Ka, SE, SE Plus, SEL, Trail.

Comentários

  • Gian

    R$45k num carrinho ... Espero que o Kwid derrube todos esses carrinhos com preços de carrões !!!!

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência