Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Duster europeu passa pela 2ª reestilização
Nova frente tem algo dos SUVs e picapes feitos pela Nissan

Internacional | 31/08/2017 | 14h25

Duster europeu passa pela 2ª reestilização

Mudanças mostram como deve ficar o SUV nacional da Renault em 2018

MÁRIO CURCIO, AB

A fabricante romena Dacia mostra na Europa a segunda reestilização feita no utilitário esportivo Duster, carro produzido no Brasil pela Renault. A frente ganhou um jeitão mais robusto, que lembra as picapes e SUVs da Nissan. Até aqui citamos apenas fabricantes pertencentes ao mesmo grupo.

Mas as novas lanternas traseiras se parecem mesmo é com as do Jeep Renegade, fabricado pela FCA Fiat Chrysler. Note que o centro incolor das lanternas do Dacia traz uma cruz, um “+” e o Jeep, um “x”. é possível até que a Renault adote uma solução diferente desta no Brasil para evitar críticas.

Seja como for, uma reestilização semelhante para o carro brasileiro deve chegar em 2018. As mudanças mais significativas feitas pela Dacia estão na dianteira. Capô, grade, faróis, para-choque, tudo é novo. A tampa traseira também foi modificada, mas as laterais são praticamente iguais às do carro anterior, como se vê pelas portas e vidros. O carro das fotos (um 4x4) tem um aplique de material plástico atrás das rodas dianteiras.


Lanternas traseiras do novo Duster têm a parte central em cruz. Lembram muito...
... as do Jeep Renegade, em que o detalhe central forma um “x”.

O Duster já superou as 225 mil unidades emplacadas no Brasil. Foi primeiro concorrente do Ford EcoSport a entrar em linha no País. Quando estreou, em outubro de 2011, a participação da Renault do Brasil em automóveis era de 6%. Em 2012, com 46,9 mil emplacamentos, ele foi o SUV mais vendido do País, superando o EcoSport, e elevou a participação da Renault para 7,3%.

Seu melhor ano em vendas foi 2013, com 50,2 mil unidades, mas ficou atrás novamente do EcoSport, com 66,1 mil emplacamentos. Em 2014 o Duster ainda manteve o segundo lugar, com 48,9 mil unidades, e ajudou a Renault a conquistar um pico de 7,9% de participação no mercado. Mas o agravamento da crise econômica e a chegada de novos concorrentes acabaram limitando suas vendas nos anos seguintes.

O Duster terminou 2016 em quarto lugar com 25,4 mil carros, atrás de Honda HR-V, Jeep Renegade e Ford EcoSport. Em 2017 perdeu mais uma posição, para o Nissan Kicks, e até o fim do ano deve ser superado também pelo Honda WR-V. E em 2018 pode perder a briga dentro de casa para o Renault Captur, que no acumulado de 2017 ainda está atrás do veterano, mas já o superou nos meses mais recentes.



Tags: Duster, Renault, Dacia, Nissan, SUV, FCA, Jeep, Captur, Renegade, Jeep, Honda, HR-V, WR-V.

Comentários

  • Marcos Antonio Rolim Villa Verde

    Interessante que os carros da "Renault" são Dacianos mas isto é irrelevante para uma não de de Tupiniquins, é um punhado de reportes "especialistas" que fazem de conta cá sua responsabilidade com a verdade e "educação" do povo!

  • Simone

    Não gostei da nova traseira do Duster, assim como não gosto da lanterna traseira do Renegade, muito feia. A traseira atual do Duster é muito mais atraente do que essa proposta. A frente ficou ótima, linda!

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência