Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Indústria | 29/08/2017 | 18h44

Edag comemora trajetória de 25 anos no Brasil

Unidade brasileira foi a primeira filial da empresa fora da Europa

REDAÇÃO AB

25 anos, se instalava no Brasil a primeira filial da Edag fora da Europa. De origem alemã, a empresa é um importante fornecedor de serviços de engenharia que auxiliam no desenvolvimento de veículos e plataformas de manufatura em diferentes áreas, como design, construção de modelos e protótipos, além de projeto e simulação. Atualmente com 200 funcionários, a empresa atende os principais fabricantes do setor, tais como Agrale, BMW, DAF, GM, MAN, Mercedes-Benz, PSA, Volare e Volkswagen.

“A Edag do Brasil não é apenas a nossa primeira filial fora da Europa, mas, com os seus 25 anos de existência, também a mais antiga presença internacional do Grupo Edag, que atua hoje em 19 países”, disse o CEO do grupo, Jörg Ohlsen.

Antes mesmo de fundar suas instalações no ABC Paulista, a empresa já oferecia seus serviços de desenvolvimento de veículos para o mercado brasileiro em 1989, a partir da Autolatina, joint venture entre a Ford e a Volkswagen. Os primeiros projetos, que exigiam soluções sob medida para as condições locais, deixaram clara aspiração das montadoras em trabalhar com fornecedores no Brasil.

Com isto, o Grupo Edag reconheceu a tendência para o fornecimento local e fundou a subsidiária Edag do Brasil em 1992, em São Bernardo do Campo, como primeiro fornecedor internacional de serviços de desenvolvimento. A empresa iniciou suas atividades com uma equipe de oito funcionários e continuou a cooperação iniciada na Alemanha, porém mais próximos dos clientes brasileiros. Posteriormente, com a modernização da indústria nacional, a abertura do mercado brasileiro e a onda de investimentos no setor automotivo nos anos de 1990, a empresa passou a fornecer para mais clientes, como a General Motors e Mercedes-Benz.

Já nesta época, a Edag também começou a oferecer serviços na área de manufatura, complementando seu portfólio: “Conseguimos estabelecer e oferecer com êxito o modelo de desenvolvimento de produto junto com a engenharia de manufatura, que na Europa já é bem-sucedido”, afirma o diretor-presidente Martin Vollmer.

“Além das nossas competências e capacidades locais, nossos clientes têm acesso à rede de engenharia internacional do Grupo Edag, atualmente com mais de 8 mil funcionários”, ressalta o CEO Ohlsen. “A colaboração internacional se mostra em muitos projetos de referência, nos quais a nossa equipe brasileira trabalhou com sucesso em conjunto com as subsidiárias da Edag na Alemanha, Austrália, Espanha, EUA, França e Inglaterra. Em 2013, o networking internacional foi complementado com a inauguração de nossa subsidiária no México.”

Mais recentemente, em 2001, a Edag planejou sua expansão no Brasil com a construção de um prédio próprio, na própria São Bernardo do Campo. Além disso, a empresa viu no Inovar-Auto novas oportunidades ao motivar uma segunda onda de investimentos, fase em que também conquistou novos clientes, como DAF e BMW.

“Nossos mais de 200 funcionários no Brasil enfrentam a constante mudança da indústria automotiva com responsabilidade, dedicação e disposição, criatividade e habilidades empresariais para atender aos requisitos de qualidade de nossos clientes e criar o maior valor agregado possível para eles”, enfatiza Vollmer. “Com esta atitude, encaramos os desafios e riscos de uma indústria que está se reinventando constantemente e atualmente está lidando com temas de novos conceitos de mobilidade como condução autônoma, mobilidade elétrica ou mesmo a indústria 4.0 como oportunidade de continuar nossa história de sucesso no Brasil. Vamos acompanhar esse novo caminho e participar ativamente na sua construção”.



Tags: Edag, 25 anos, engenharia, Martin Vollmer.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência