Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Polo chega à Argentina no primeiro trimestre de 2018
Powels: capacidade para exportar

Indústria | 24/08/2017 | 20h00

Polo chega à Argentina no primeiro trimestre de 2018

Powels, presidente da VW, quer o carro brasileiro em diferentes mercados

MÁRIO CURCIO, AB

O novo Volkswagen Polo que começou a ser produzido no Brasil também será vendido no exterior já no início de 2018. O primeiro destino será a Argentina. “As exportações para lá começam no primeiro trimestre”, revela o presidente e CEO para o Brasil e América do Sul, David Powels.

Nos meses seguintes têm início os embarques para outros mercados, como México, Chile, Colômbia, Equador, Peru e Uruguai. “Temos capacidade, depende apenas de especificações para combustível e versões para esses mercados”, afirma Powels.

“Durante muitos anos a participação da Volkswagen em alguns países da região foi muito pequena, de 2% a 3%, mas agora temos produtos novos e há foco na exportação, na melhoria do relacionamento com importadores”, garante o presidente da companhia.

O novo hatch se insere nos planos da VW de exportar cada vez mais para países da América Latina. “Em 10 ou 15 anos queremos chegar a 1 milhão de automóveis Volkswagen por ano na região. A maior parte desses veículos será fabricada no Brasil e na Argentina.”

Os embarques do Polo brasileiro devem ficar restritos à América Latina, mas Powels admite que o sedã Virtus (cuja produção começa até o fim de 2017) poderá ser exportado para outros países, como África e Oriente Médio.

Do ponto de vista da segurança o Polo brasileiro “poderá ser vendido em qualquer país da América Latina”, afirma o gerente executivo de desenvolvimento de produto, Antônio Carnielli Júnior, que revelou detalhes construtivos do novo hatch (veja aqui).



Tags: VW, Volkswagen, David Powels, Virtus, exportação, mercado.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência