NOTÍCIAS
08/08/2017 | 20h09

Negócios

Intel conclui compra de 80% da Mobileye

Acordo de US$ 15,3 bilhões tem foco em tecnologia para condução autônoma


REDAÇÃO AB

A Intel concluiu na terça-feira, 8, o processo de compra da startup israelense Mobileye, da qual passou a deter 80% das ações. O negócio de US$ 15,3 bilhões ganhou fama por envolver a cifra mais alta já investida em um acordo do gênero. Agora, a jovem empresa passa a ser uma divisão da gigante de tecnologia, mas segue sediada em Jerusalém sob o comando de seu co-fundador, Amnon Shashua.

A Mobileye é peça-chave para que a Intel avance em direção autônoma. A startup trabalha com tecnologias essenciais para os carros autoguiados, como sensores e câmeras. Está em desenvolvimento um sistema de crowdsourcing que, a partir de 2018, vai coletar dados de veículos em circulação para desenhar mapas de alta precisão e refinar os recursos de direção autônoma, aprimorando o processo de tomada de decisão do sistema.

Outro ativo importante do empreendimento israelense é o bom relacionamento cultivado com fabricantes de veículos. A Mobileye já anunciou que mantém parceria com 27 montadoras, incluindo 10 programas de desenvolvimento e produção em parceria com empresas como Audi e BMW.

No começo de junho o CEO da Intel, Brian Krzanich, declarou durante um evento que “o carro do futuro vai parecer muito mais com um servidor”, destacando a quantidade de dados que os veículos precisarão armazenar e entender para tomar decisões. Este, apontou, foi fator decisivo para que a companhia investisse na compra da Mobileye.

O executivo avalia que será necessário trabalhar em recursos de cibersegurança que garantam que os autônomos sejam seguros e confiáveis. “Estamos nos esforçando para entender como os dados serão trabalhados e como poderemos aplicar inteligência artificial.” O executivo apresentou estimativa de que os carros autônomos trarão resultado de US$ 7 trilhões à economia global em 2050.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 16/08/2017
Mercado deve melhorar no segundo semestre, até por novas ações de varejo

Esta coluna é apoiada por:

Documento sem título
Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement
DE CARRO POR AÍ | 18/08/2017
Empresa monta novos planos para mercados emergentes
AUTOINFORME | 17/08/2017
Gastos com veículo vão muito além da prestação
INOVAÇÃO | 15/08/2017
Indústria automotiva precisa abrir os olhos para novas formas de trabalhar
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
Negócios | 08/03/2017
Tecnologia faz parte da receita para sair da crise
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes