NOTÍCIAS
28/07/2017 | 18h22

Mercado

Aliança Renault-Nissan bate novo recorde de vendas

Grupo que agora inclui Mitsubishi entrega 5,27 milhões de veículos no semestre


REDAÇÃO AB

A Aliança Renault-Nissan, que desde o fim do ano passado também conta com a Mitsubishi, registrou novo recorde de vendas para o primeiro semestre ao entregar 5,27 milhões de veículos em todo o mundo. O volume é ainda 7% maior do que o registrado há um ano.

Entre os volumes, o da Nissan é o maior: foram pouco mais de 2,89 milhões de unidades emplacadas pelo mundo no primeiro semestre, alta de 5,6% no comparativo anual, com destaques para vendas no Japão e Europa, com crescimento de 22,9% e 5,7%, respectivamente. Sua marca de luxo Infiniti contribuiu com 125 mil, aumento de 13%.

A Renault, cujo grupo integra ainda Dacia e Lada, registrou venda de 1,87 milhão de unidades, avanço de 10,4%. O grupo também bateu seu próprio recorde no primeiro semestre, alcançando inclusive a vice-liderança no mercado europeu ao desbanca a rival PSA (leia aqui). Seus volumes e participação de mercado avançaram em todas as regiões, inclusive na que reúne África, Oriente Médio e Índia, onde a montadora registrou aumento de 19,3% das entregas, de 50,5% na Ásia Pacífico, além do Brasil (leia aqui).

Para os resultados da aliança, a Mitsubishi contribuiu com 494,3 mil veículos em todo o mundo, aumento de 2,4% impulsionada pela retomada das vendas de seus minicarros Kei no Japão. O aumento das vendas reflete também o forte crescimento da marca na China, com o lançamento do SUV Outlander fabricado localmente.

“A Aliança entregou um recorde de vendas durante o primeiro semestre de 2017. Continuaremos a alavancar nossas economias em escala e presença no mercado global para oferecer valiosas sinergias para nossas empresas membro este ano, mantendo uma linha de produtos fortemente tecnológica e oferecendo aos clientes modelos elétricos inovadores” disse em nota o presidente mundial da Aliança Renault-Nissan, Carlos Ghosn. “Nossa Aliança, agora ampliada com a Mitsubishi, está bem colocada para entregar todo o seu potencial, não só em termos de volume, mas também para oferecer serviços de mobilidade de última geração a clientes em todo o mundo”, complementa.

Entre os elétricos das marcas, que incluem Nissan Leaf, do Renault Zoe e Mitsubishi i-Miev, as vendas somaram 481,1 mil unidades, enquanto os híbridos que considera as versão híbrido plug-in do Mitsubishi Outlander ultrapassam as 13 mil unidades vendidas.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 05/12/2017
Programa incentiva uso de biocombustíveis e dá ao Brasil ferramenta para reduzir emissões

Esta coluna é apoiada por:

Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
INOVAÇÃO | 25/10/2017
Indústria precisa questionar qual será o seu papel no futuro
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
AUTOINFORME | 07/12/2017
Aumenta pressão por manter mercado protegido dos importados
QUALIDADE | 01/12/2017
Envolver e motivar colaboradores é essencial para gerar bons resultados
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
DE CARRO POR AÍ | 08/12/2017
Programa de desenvolvimento do setor insiste em protecionismo
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018