Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Hyundai começa a exportar Creta ao Paraguai

Negócios | 27/07/2017 | 17h26

Hyundai começa a exportar Creta ao Paraguai

País vizinho receberá 260 unidades do SUV até o fim do ano

REDAÇÃO AB

A fábrica Hyundai de Piracicaba (SP) começa a exportar seus utilitários esportivos Creta. Os carros têm como destino o Paraguai, mesmo país que recebeu os primeiros HB20 enviados ao exterior. Até o fim do ano serão embarcadas 260 unidades, em uma média de 50 carros por mês.

A operação ocorre no momento em que o Creta atinge 20 mil unidades no mercado interno desde que chegou à rede, em janeiro deste ano. Todos os carros para o mercado paraguaio têm motor 1.6 de 130 cavalos, transmissão automática de seis marchas, faróis de neblina, controles de tração e estabilidade, sensor de estacionamento traseiro e controlador automático de velocidade com comandos no volante.

“A expectativa é aumentar os volumes ao longo do tempo e abrir outros mercados, equilibrando sempre nossa capacidade instalada com a demanda interna e as oportunidades de exportação”, afirma o diretor-executivo de vendas, marketing e pós-vendas da Hyundai Motor Brasil, Angel Martinez.

O Creta será vendido no Paraguai pela Automotor S.A., representante exclusiva da Hyundai no país e que já vende o HB20X (versão aventureira do hatch) desde o ano passado. Sua rede tem 16 lojas. As exportações da Hyundai a partir da fábrica de Piracicaba somaram 1.212 unidades no ano passado.

Além das vendas ao Paraguai, a Hyundai enviou também ao Uruguai as versões hatch e sedã, HB20 e HB20S. Sendo assim, os uruguaios serão os próximos a receber o Creta.



Tags: Hyundai, Creta, Piracicaba, Angel Martinez, HB20, HB20X, HB20S.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência